Saúde

Leite doado alimenta 20 bebés por mês

Cerca de 70 mulheres doaram o seu leite à Maternidade Alfredo da Costa (MAC), em Lisboa, no primeiro ano de funcionamento do Banco de Leite Humano, o que tem permitido alimentar uma média de 20 bebés prematuros por mês.
Versão para impressão
Cerca de 70 mulheres doaram o seu leite à Maternidade Alfredo da Costa (MAC), em Lisboa, no primeiro ano de funcionamento do Banco de Leite Humano, o que tem permitido alimentar uma média de 20 bebés prematuros por mês.

Numa altura em que se assinala a Semana do Aleitamento Materno, o médico responsável pelo banco, Israel Macedo, lembra que o leite doado é usado para alimentar bebés prematuros quando a mãe não o tem em quantidade suficiente ou ainda nos casos em que é contra-indicada a amamentação, como acontece com as mães seropositivas.

Atualmente encontram-se ativas 35 dadoras, do total de 70 que já contribuíram mas que entretanto deixaram de ter leite suficiente ou optaram por suspender a doação.

“Neste momento fazemos duas pasteurizações por semana e estamos com necessidade de passar a três. Em cada pasteurização tratamos nove litros de leite. Por mês estamos a processar uma média de 70 litros de leite”, precisou Israel Macedo à agência Lusa, acrescentando que a grande maioria dos pais dos bebés recetores têm “uma reação muito positiva” e “já estão esclarecidos e sabem que a primazia é dada ao leite da própria mãe e que este leite serve para completar, quando o da própria mãe não é suficiente”.

Aliás, a segurança dos pais é uma das prioridades deste serviço. Por isso, a vigilância das condições de saúde e higiene domiciliária das dadoras e controlo serológico do leite é feito pelo Instituto Português do Sangue.

Este serviço possibilitou mesmo o fornecimento de leite materno a outras unidades, como o caso do Hospital Fernando Fonseca (Amadora-Sintra). Além disso, quase metade das dadoras do banco de leite materno não tiveram os seus filhos na Maternidade Alfredo da Costa, provando que o banco de leite “acaba por ser um departamento aberto e disponível para receber e dar a uma população muito superior à própria maternidade”, diz Israel Macedo.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close