Lifestyle

Largar tudo para dormir numa bolha e ver as estrelas

Passar uma noite a ver as estrelas no céu cristalino da Serra da Malcata não tem de ser uma aventura radical. O turismo rural Moinho do Maneio instalou uma tenta transparente, em forma bolha, onde é possível viver esta experiência única com todo o co
Versão para impressão
Passar uma noite a ver as estrelas no céu cristalino da Serra da Malcata não tem de ser uma aventura radical. O turismo rural Moinho do Maneio instalou uma tenta transparente, em forma bolha, onde é possível viver esta experiência única com todo o conforto.

Por Patrícia Maia
 
Anabela e Rui concretizaram aquele sonho que tantas vezes é adiado: deixaram para trás a cidade e começaram do zero, lá longe, na Beira Interior. Há cinco anos, o casal decidiu investir num terreno que a família de Rui tinha, nos arredores da Serra da Malcata, e construíram um espaço de turismo rural que também aposta na produção de framboesa. 
“Foi a decisão certa. Sempre quisemos vir para cá mas era um projeto mais a longo prazo. Acabámos por vir mais cedo e não estamos nada arrependidos, se voltássemos atrás fazíamos a mesma coisa”, garante Anabela em entrevista ao Boas Notícias. 
 

Ali, no silêncio da serra, o casal construiu um espaço de turismo rural com quatro casas com cozinha e zona de estar e dois quartos independentes com casa de banho. Mas desde Abril, o  Moinho do Maneio oferece uma estadia particularmente especial: uma bolha transparente para dormir e ver as estrelas. 

Estrelas brilham mais longe das luzes da cidade

 
“Como estamos junto à reserva natural, não há qualquer tipo de poluição luminosa e o céu noturno é muito bonito porque se vê perfeitamente as estrelas”, salienta Anabela acrescentando que a bolha dá para a ribeira pelo que a vista da parte exterior também é valorizada.
 
A proprietária explica que dentro da bolha há “apenas a cama de casal e uma pequena banca com mantinhas polares, jogos e um licor de boas vindas” e, cá fora, uma mesinha com pufs. 
 
Quanto ao conforto, Anabela assegura que está garantido, embora não seja o mesmo que dormir num quarto (mas também não será esse o objetivo). “Há sempre uma aragem porque a bolha precisa de ar para se manter cheia, mas temos os edredons quentinhos e também vendas para os olhos que ajudam a dormir até mais tarde”, explica.
 

Mesmo à porta da bolha há uma pequena casa-de-banho de serviço – sendo que a casa-de-banho completa se encontra apenas a 200 metros – e quem quiser pode até receber o pequeno-almoço dentro da bolha. O preço da estadia, com pequeno-almoço incluído, está fixado nos 70 euros para a época baixa e nos 90 euros na época alta.

 
A bolha acabou de estrear mas já está a fazer furor na redes sociais e na comunicação social. E, diz quem a experimentou, esta experiência vale mesmo a pena. “Experiência fantástica, deitarmos-nos num quarto onde se pode apreciar as estrelas, sentarmos-nos nos pufs à altura da copa das árvores e apenas estar ali, no meio da natureza”, afirmam os primeiros hóspedes da bolha, num 'feedback' enviado ao Moinho do Maneio. 
 
Desligar a rede e ligar os sentidos
 
Uma imersão completa na natureza e nas estrelas que Anabela e Rui ajudam a reforçar já que decidiram não por televisão nem Internet nos quartos, “embora na casa principal haja 'wifi' para alguma emergência”. 
 
“Mesmo que quiséssemos a verdade é que aqui há muito pouca rede e ainda bem porque o nosso objetivo é que a pessoa venha para cá e desligue. Temos livros e revistas, música, jogos e animais como cães, gatos e burros. Há muito para ver e fazer aqui e nas aldeias históricas dos arredores”, garante Anabela.
 
Graças ao sucesso alcançado, a Bolha já está totalmente reservada para os próximos meses o que poderá levar, em breve, o Moinho do Maneio a adquirir novas bolhas. A construção de uma piscina também já está agendada embora, “durante os meses da Primavera, seja possível tomar banho na ribeira”.
 
De qualquer foram, além da bolha, é sempre possível escolher as outras opções de alojamento do Moinho do Maneiro e, pelo menos durante uns dias, largar tudo e deixar a cidade para trás.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close