Mundo

Jovem leva amiga com Trissomia ao baile de finalistas

Mary Lapkowicz, que tem Trissomia 21, conheceu o seu amigo Ben quando os dois frequentavam a escola primária. Este ano, Ben cumpriu a promessa que fez quando era menino e levou a sua amiga ao baile de finalistas.
Versão para impressão
Mary Lapkowicz, que tem Trissomia 21, conheceu o seu amigo Ben quando os dois frequentavam a escola primária. Este ano, Ben cumpriu a promessa que fez quando era menino e levou a sua amiga ao baile de finalistas do seu liceu, na Pensilvânia (EUA).

Citada pelo site informativo Penn Live (EUA), Tracey Spogli, a professora primária dos dois amigos, recorda que “Ben sempre fez tudo para incluir Tracey”.

“Ben estava sempre atento e quando Mary parecia isolada ele aproximava-se e juntava-a às atividades que estavam a fazer. Ele sempre olhou por ela”, garante a professora.

Ben era tão próximo de Mary que prometeu mesmo, quando os dois amigos ainda andavam na primária, que um dia levaria a sua amiga ao baile de finalistas.

As mães de ambos os meninos não se aperceberam, inicialmente, da relação de amizade que unia Mary e Ben. Foi só durante a festa de encerramento do primeiro ciclo de ensino que as duas mães e a professora conversaram sobre o assunto.

Entretanto, os caminhos de Mary e Ben afastaram-se já que a família da jovem mudou de bairro e foi viver a freguesia de Dauphin enquanto Ben continuou a frequentar as escolar de Susquehanna, tendo-se tornado uma das estrelas da equipa de futebol do seu liceu.

Mas o destino voltou, recentemente, a juntar os dois jovens, durante um campeonato desportivo onde as equipas das duas escolas se defrontaram. Nesse dia, Ben recordou a sua promessa e decidiu convidar a amiga de uma forma muito original. “Comprei balões e escrevi 'Baile' em todos eles”, recorda o jovem.

Mary já tinha combinado ir ao baile de finalistas com uns amigos mas não hesitou em aceitar o convite do seu amigo de longa data. A história e as fotografias do baile destes dois amigos estão a ser amplamente divulgadas nos EUA como um exemplo de amizade e de luta contra a descriminação. 

Notícia sugerida por Maria da luz e Vítor Fernandes

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close