Desporto

Jovem cumpre travessia Peniche-Berlenga a nado

NULL
Versão para impressão
João Baeta, de 17 anos, enfrentou o mar entre a Berlenga e Peniche para assinalar a classificação, pela Unesco, do arquipélago como Reserva da Biosfera. Percorreu a nado 18 quilómetros de mar agitado. Miguel Arrobas e Pedro Basílio também participaram na corrida mas foram arrastados pela corrente e afastaram-se da rota já quase no final.

Foi mais uma vez cumprida, domingo passado, a travessia Berlenga-Peniche em natação de águas abertas, assinalando este ano o reconhecimento da Unesco para o património da ilha do Oeste do país.

O frio foi uma adversidade para os três nadadores: dois acabaram por desistir, mas mesmo assim estiveram cinco horas a nadar. Quase no final, já à entrada do Cabo Carvoeiro, Miguel Arrobas e Pedro Basílio entraram nos barcos de apoio.

João Baeta prosseguiu e inscreveu o seu nome nesta mítica travessia. Nadando muitas vezes contra a corrente, o jovem João Baeta, de Santarém, chegou a Peniche ao fim de cinco horas, 24 minutos e 45 segundos.

Baeta tornou-se o mais jovem nadador a cumprir a travessia. Apesar de “satisfeito”, disse à imprensa ter ficado “um pouco em baixo” quando soube que os companheiros de aventura desistiram a cerca de um quilómetro do fim.

Ser chamado à seleção nacional de águas abertas para poder representar o seu país, é o próximo objetivo do jovem que se encontra a concluir um curso tecnoprofissional na área da gestão.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close