Cultura

Jazz: Festival português distinguido com prémio europeu

O evento 'Jazz em Agosto', promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian, foi distinguido com o European Jazz Network Award 2014. Atribuído pela European Jazz Network, o galardão distingue, todos os anos, os melhores eventos do género na Europa.
Versão para impressão
O evento 'Jazz em Agosto', promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian, foi distinguido com o European Jazz Network Award 2014. Atribuído pela European Jazz Network, o galardão distingue, todos os anos, os melhores eventos do género na Europa.
 
Naquela que é a 3ª edição do prémio europeu, a escolha do júri recaiu sobre o festival de jazz em Lisboa, na Fundação Calouste Gulbenkian, durante todo o mês de Agosto. 
 
Presidido por Ros Righby, atual vice-presidente da associação e diretor de programação do espaço cultural Sage Gateshead, no Reino Unido, o painel de jurados considera que o 'Jazz em Agosto' tem “uma identidade forte, construída ao longo das suas três décadas de existência”. 
 
Além disso, o mesmo conta sempre com “um cartaz rico em grandes artistas, ocupando já um lugar de destaque na história do jazz europeu”. Trata-se também de um “bom exemplo de iniciativas originais promovidas por fundações culturais privadas” e de uma experiência “fantástica e única, ao ar livre, nos jardins da Fundação Calouste Gulbenkian – e que sítio magnífico é para ouvir boa música!”
 
Em comunicado enviado ao Boas Notícias, a organização do festival refere que o prémio será entregue oficialmente a Rui Neves, diretor artístico do 'Jazz em Agosto', numa cerimónia que terá lugar sábado, dia 26 de Abril, no festival 'jazzhead!', em Bremen, na Alemanha. 
 
Em 2013, o European Jazz Network Award foi atribuído à 'Bihmus', sala de concertos dedicada ao jazz em Amesterdão, na Holanda, e em 2012, ao 'Twelve Points Festival', em Dublin, na Irlanda. 
 
A European Jazz Network é uma associação que reúne todo o tipo de intervenientes na área do jazz, entre produtores, programadores, festivais, clubes e organizações. A sua missão passa por “promover a identidade e diversidade do jazz na Europa, tornando cada vez mais forte a visão desta música como uma força educacional e cultural”. 
 
Programa “desafiante” para a 31ª edição do 'Jazz em Agosto'
 
Para fazer jus a esta nomeação, a edição deste ano do 'Jazz em Agosto' vai tentar “continuar a superar expectativas”, propondo, por isso, “um programa desafiante pelo mundo do jazz contemporâneo”. 
 
De 1 a 10 de Agosto, o mesmo irá contar com uma série de dez concertos no Anfiteatro ao Ar Livre, bem como sete sessões de filmes documentais no Auditório 3 da Fundação Calouste Gulbenkian. 
 
O destaque vai para a presença, entre outros músicos consagrados, de diversos guitarristas e baixistas representativos do jazz contemporâneo, que se desmultiplicam por vários concertos ao longo do festival, por forma a acentuar a “versatilidade deste género musical”. 
 
São exemplos: James Blood Ulmer & The Memphis Blood Band featuring Vernon Reid, Evan Parker e Matthew Shipp, Ceramic Dog (com Marc Ribot), Real Thing (com Marc Ducret), Lisbon Berlin Trio (com Luís Lopes), Big Rain (com Franz Hautzinger), o trio Fred Frith, Joelle Léandre e Hamid Drake, o MMM Quartet, Massacre e L.U.M.E – Lisbon Underground Music Ensemble.

Consulte toda a programação AQUI.

Notícia sugerida por Elsa Fonseca

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close