Mundo

Japão procurará corpos dos soldados de Iwo Jima

O primeiro ministro japonês Naoto Kan prometeu esta semana que serão feitos todos os esforços para recuperar os restos mortais de cerca de 13 mil soldados japoneses que desapareceram no campo de batalha de Iwo Jima, durante a II Guerra Mundial.
Versão para impressão
O primeiro ministro japonês Naoto Kan prometeu esta semana que serão feitos todos os esforços para recuperar os restos mortais de cerca de 13 mil soldados japoneses que desapareceram no campo de batalha de Iwo Jima, durante a II Guerra Mundial.

“Vamos continuar a aprofundar as buscas”, garantiu Naoto Kan, durante uma cerimónia onde o ministério japonês da Saúde recebeu os restos mortais de 822 soldados japoneses que morreram naquela ilha japonesa do Pacífico.

“É responsabilidade do governo repatriar para casa o quanto antes os mortos de guerra que ainda permanecem na ilha”, afirmou, citado pela agência noticiosa AFP.
No ano de 1945, cerca de 22 mil japoneses e 6.800 norte-americanos morreram em 35 dias, numa das batalhas mais difíceis no Pacífico durante a II Guerra mundial.

A fotografia de soldados americanos a levantar a bandeira no ponto mais alto da ilha, no Monte Suribachi, tirada pelo fotógrafo Joe Rosenthal, tornou-se simbólica da vitória norte-americana na Guerra.

A ilha foi devolvida em 1968 pelos EUA ao Japão. Desde 1952 que o governo de Tóquio já recuperou os corpos de 8.700 soldados daquela ilha agora rebaptizada como Iwoto.

“Iremos continuar a contar a história trágica de Iwo Jima às gerações mais novas para que não caia no esquecimento”, conclui ainda Naoto Kan.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close