Sociedade

IRS: vidros duplos e caldeiras são dedutíveis

Publicada hoje em Diário da República, esta é a nova medida de incentivo para a redução da fatura energética de Portugal: os contribuintes que procedam à instalação de vidros duplos ou caldeiras para o aquecimento de águas sanitárias vão contar com n
Versão para impressão
Publicada hoje em Diário da República, esta é a nova medida de incentivo para a redução da fatura energética de Portugal: os contribuintes que procedam à instalação de vidros duplos ou caldeiras para o aquecimento de águas sanitárias vão contar com novos benefícios fiscais.

Além disso, são também dedutíveis equipamentos de carregamento de veículos elétricos de instalação doméstica – desde que de acordo com as especificações técnicas definidas pelo governo – e instalações solares térmicas para aquecimento de águas sanitárias e de climatização, quando a sua captação de energia é realizada a partir de coletores solares, adianta a agência Lusa.

As novas deduções estavam previstas no Orçamento de Estado 2010 aprovado em março, mas só hoje foi publicada a lista dos encargos com equipamentos de eficiência energética que os contribuintes individuais podem inscrever no seu IRS.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close