Sociedade

IRS: Contribuintes deram mais de 7ME a instituições

Os contribuintes portugueses doaram, através da declaração de IRS de 2012, mais de sete milhões de euros a 986 instituições sociais. A Assistência Médica Internacional (AMI) recebeu 4% do total das doações.
Versão para impressão
Os contribuintes portugueses doaram, através da declaração de IRS de 2012, mais de sete milhões de euros a 986 instituições sociais. A Assistência Médica Internacional (AMI) recebeu 4% do total das doações.
 
De acordo com uma nota divulgada esta semana pela AMI, ao entregarem, no ano passado, a declaração anual de IRS, os contribuintes canalizaram para aquela organização não governamental uma verba que “permitiu financiar dois” dos seus 12 equipamentos sociais “de apoio à população mais carenciada”. 
 
Segundo a associação, desde que esta opção foi criada, o número de entidades autorizadas a receber 0,5% do IRS dos contribuintes nacionais tem aumentado de forma significativa. “Se no IRS relativo a 2004 apenas oito instituições, entre as quais a AMI, estavam habilitadas a receber, atualmente são 986”, salienta a nota de imprensa.
 
Por sua vez, acrescenta ainda a AMI, “o número de contribuintes que optam por consignar parte do IRS a entidades sociais também tem vindo a aumentar”: em 2004 apenas 11 mil pessoas optaram por fazê-lo na entrega da declaração, ao passo que, em 2012, o número de agregados que tomaram esta decisão saltou para 233 mil.
 
Recorde-se que, sem quaisquer custos para o contribuinte, o Estado permite que 0,5% do imposto reverta a favor de organizações de apoio social e humanitário sem fins lucrativos e de pessoas coletivas de utilidade pública. 
 
Para o fazer, basta assinalar no anexo H do quadro 9 da Declaração de IRS a intenção de ser inscrito na consignação do IRS, indicando o número de identificação fiscal da entidade que se pretende apoiar.
 
Segundo a AMI, “porque a maioria dos portugueses sente dificuldades para fazer face à crise, a consignação de 0,5% no IRS – uma opção sem qualquer custo adicional para quem o faz – é uma forma eficiente e inteligente de ser solidário”.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close