Mundo

Irlanda: Uma carta ao Pai Natal com 100 anos

NULL
Versão para impressão

Um irlandês acaba de descobrir, cem anos depois, uma carta que a sua mãe tinha escrito ao Pai Natal quando era criança. O documento foi encontrado na chaminé da casa onde a mulher tinha vivido, na sequência de umas obras feitas pelo atual dono.

A carta, bastante deteriorada, foi fechada em 1911 e permaneceu escondida na chaminé de uma casa de Dublin até 1991, quando o atual dono da residência, John Byrne, instalou um novo sistema de aquecimento central.

Dez anos depois do curioso achado, o homem decidiu esta semana publicar a carta no jornal Irish Times, e foi assim que o filho da autora, Victor Bartlem, que vive a mais de 150 km de Dublin, teve conhecimento da carta.

A mãe de Victor Bartlem, Hannah Howard, escreveu na sua carta de Natal a sua lista de desejos para o Pai natal. Nesse ano, Hannah pediu “um bebé chorrão, uma capa impermeável com capuz, um par de luvas, uma maçã caramelizada, um penny de ouro e um caramelo grande”.

“Simplesmente não podia acreditar, foi impressionante, e é uma carta amorosa, típica de uma menina”, disse Victor ao jornal irlandês, reagindo à descoberta.
 
Hannah nasceu no dia de Natal em 1900. Bartlem diz que sua mãe se casou com seu pai, Alfred Bartlem, em 1931. Hanna teve dois filhos, Howard e Victor, e faleceu em 1978.

Clique AQUI para ler o artigo do Irish Times e ver fotos da carta.

[Notícia sugerida por Elsa Martins]

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close