Sociedade

Investigação lusa nas finais dos World Technology Awards

Uma investigação portuguesa está entre os cinco finalistas dos World Technology Awards, na categoria de entretenimento. O interface 't-words' pode ajudar a combater problemas de literacia nas crianças e é o primeiro projeto luso a chegar às finais de
Versão para impressão
Uma investigação portuguesa está entre os cinco finalistas dos World Technology Awards, na categoria de entretenimento. O interface 't-words' pode ajudar a combater problemas de literacia nas crianças e é o primeiro projeto luso a chegar às finais desta iniciativa mundial.
 
Desenvolvida na Universidade do Minho, a 't-words' é uma tecnologia constituída por blocos físicos que podem ser gravados e recombinados, dando origem a diferentes combinações sonoras.

Desta forma, os mais novos têm oportunidade de participar em diferentes atividades como, por exemplo, a construção de rimas e a exploração da sonoridade de palavras e frases, ao mesmo tempo que desenham e criam pequenas narrativas visuais e sonoras. 

 
As dinâmicas podem decorrer individualmente ou em grupo, sem necessidade de computador e idealmente no contexto da sala de aula, e podem ter particular efeito no combate a problemas de literacia nas crianças. 
 
Desenvolvido no laboratório engageLab da Universidade do Minho, pelos investigadores Cristina Sylla, Sérgio Gonçalves, Pedro Branco e Clara Coutinho, o interface está agora nomeado para as finais dos World Technology Awards. O objetivo é distinguir “os trabalhos que estão a criar o século XXI e que serão, provavelmente, os mais importantes a longo prazo nas suas áreas”. 
 
“Dada a ênfase do ‘t-words’ na exploração sonora, pensamos que poderá incentivar de forma lúdica o desenvolvimento e a sensibilidade fonológica, ajudando as crianças a adquirir aptidões ligadas à literacia”, explica Pedro Branco, em comunicado enviado ao Boas Notícias. 
 
Os World Technology Awards são promovidos pela World Technology Network, em parceria com a televisão norte-americana CNN, o National Association of Securities Dealers Automated Quotations (NASDAQ) e das revistas 'Time', 'Fortune' e 'Science', entre outros. Os vencedores do concurso são anunciados a 15 de Novembro, numa cerimónia a realizar no edifício da Time-Life, em Nova Iorque, EUA.
 
O 't-words' venceu recentemente o primeiro prémio na principal conferência mundial sobre entretenimento digital interativo – a International Conference of Advances in Computer Entertainment, realizada no Nepal.

A categoria a que agora concorre, do outro lado do Atântico, já foi ganha, em edições anteriores, pelos responsáveis da Napster, Sony Computer Entertainment, ECCO Design e Zynga.

Notícia sugerida por Maria Pandina e Maria da Luz

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close