Ciência

Instituto Gulbenkian de Ciência comemora 50 anos

NULL
Versão para impressão
O Instituto Gulbenkian de Ciência – que hoje em dia conta com cerca de 260 investigadores – completa esta terça-feira 50 anos, assinalando a data com uma conferência que pode ser acompanhada online, avança o portal da instituição.

O Instituto Gulbenkian de Ciência (ICG) surgiu da necessidade de profissionalizar a ciência em Portugal, criando as primeiras pós-graduações que existiram no país.

Em 2010, o IGC, em Oeiras, foi considerado pela prestigiada revista científica Science como uma das dez melhores instituições fora dos EUA para trabalhar após o doutoramento.

Atualmente, no IGC trabalham 138 doutorados e 124 estudantes de doutoramento, de 31 nacionalidades, inseridos em 47 grupos de investigação em várias áreas como a cura para o cancro ou o envelhecimento humano.

Os números revelam que já foram produzidos no IGC mais de mil publicações científicas internacionais, que foram citadas mais de 16 mil vezes por cientistas em todo o mundo.

O Instituto começou por ter apenas cinco centros de investigação. Foi, por exemplo, no Centro de Cálculo da Gulbenkian que apareceu o primeiro computador de Portugal. Um outro centro do instituto, o de Economia, contou com colaboradores famosos como o atual Presidente da República, Cavaco Silva.

Acompanhe aqui a cerimónia de comemoração dos 50 anos do Instituto Gulbenkian de Ciência.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close