Sociedade

Impulso Jovem com medidas mais abrangentes

Ajudar mais jovens a entrar no mercado de trabalho é o objetivo das alterações ao programa de empregabilidade Impulso Jovem que entram, esta quinta-feira, em vigor.
Versão para impressão
Ajudar mais jovens a entrar no mercado de trabalho é o objetivo das alterações ao programa de empregabilidade Impulso Jovem que entram, esta quinta-feira, em vigor. Os estágios Passaporte Emprego vão durar mais tempo e passam a abranger todo o território nacional.
 
Na mesma semana em que foi divulgado que a taxa de desemprego jovem já chega aos 40%, o governo publica uma portaria no Diário da República que altera as medidas do programa Impulso Jovem para tentar chegar a mais jovens e durante mais tempo. 
 
A principal alteração da lei diz respeito aos Estágios do Passaporte Emprego que passam a durar mais tempo, de 6 para 12 meses, e poderão “realizar -se em todo o território continental”. Procede-se, assim, ao alargamento do programa à região de Lisboa e Vale do Tejo (que não estava abrangida pelas verbas do QREN) que será apoiada por verbas do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).
 
O novo documento elimina também a restrição da duração mínima de seis meses de inscrição como desempregados, sendo que partir desta quinta-feira, para usufruir desta medida, o desempregado jovem (entre os 18 e os 25 anos) terá apenas de estar inscrito no centro de emprego. 
 
Aprovado pelo Governo a 14 de Junho, o “Impulso Jovem” desenvolve-se em torno de três eixos – estágios profissionais, apoio à contratação e empreendedorismo e apoios ao investimento – tem como meta abranger cerca de 90.000 jovens desempregados.
 
De acordo com o documento de avaliação do programa distribuído aos parceiros sociais em meados de Janeiro, no âmbito da VI reunião de acompanhamento do Impulso Jovem, tinham sido registadas 3.387 candidaturas, e tinham sido abrangidos pelas medidas de empregabilidade 1.356 jovens.
 
O mesmo documento refere que cerca de 40% dos jovens colocados em postos de trabalho no âmbito de medidas de Apoio à Contratação correspondem a contratos de trabalho por tempo indeterminado.

Clique AQUI para consultar a portaria com as novas medidas.


[Notícia sugerida por Carla Neves]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close