Ciência

Ilhas de baixa altitude do Pacífico aumentam

Um estudo geológico publicado recentemente na revista New Scientist mostra que, ao contrário do que se pensava, muitas das ilhas de baixa altitude do Pacífico estão a aumentar. É o caso de Tuvalu, Kiribati e da Federação dos Estados da Micronésia, cu
Versão para impressão
Um estudo geológico publicado recentemente na revista New Scientist mostra que, ao contrário do que se pensava, muitas das ilhas de baixa altitude do Pacífico estão a aumentar. É o caso de Tuvalu, Kiribati e da Federação dos Estados da Micronésia, cuja expansão se deve aos depósitos de sedimentos e detritos dos recifes de corais.

Dada a constante subida do nível das águas do mar, julgava-se que muitas das ilhas estivessem a afundar. No entanto, o estudo realizado ao longo dos últimos 60 anos revela que 80% das 27 ilhas do Pacífico observadas mantiveram-se estáveis ou cresceram.

Os detritos de corais, sedimentos e a reclamação de terra ao mar são as principais causas apontadas pelos geólogos para justificar o fenómeno.

Estes dados sugerem que os habitantes das ilhas podem não estar em perigo num futuro próximo, mas os cientistas alertam para a possibilidade das subidas do nível do mar aconteceram com maior frequência.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close