Saúde

Hospital português realiza implante auditivo inovador

O Hospital Lusíadas Porto colocou, pela primeira vez em Portugal, um implante coclear híbrido numa paciente com problemas auditivos. Trata-se de um implante inovador de preservação auditiva, que combina estimulação elétrica e acústica.
Versão para impressão
O Hospital Lusíadas Porto colocou, pela primeira vez em Portugal, um implante coclear híbrido numa paciente de 41 anos com problemas auditivos. Trata-se de um implante inovador de preservação auditiva, que combina a estimulação elétrica, utilizada para a reabilitação de pessoas surdas, com a estimulação acústica, direcionada a doentes com algum grau de perda auditiva. 
 
Em comunicado enviado ao Boas Notícias, António Sousa Vieira, coordenador da Unidade de Otorrinolaringologia do Hospital Lusíadas Porto, afirma que “esta é a primeira vez que se realiza este tipo de implante e é, de facto, um enorme avanço na área da otorrinolaringologia”.
 
“O implante coclear está indicado para pessoas surdas e, desta vez, implantámos numa doente que ainda não estava totalmente surda”, esclareceu o especialista, explicando que a mulher, de 41 anos, “sofria de uma perda auditiva moderada e não estava a ter benefícios com as próteses auditivas convencionais”.
 
“Com este tratamento de estimulação eletroacústica conseguimos preservar a audição da paciente, afastando a possibilidade de surdez”, congratula-se António Sousa Vieira.
 
Segundo o responsável da Unidade de Otorrinolaringologia do hospital portuense, “há pacientes que não são candidatos ao implante coclear (estimulação elétrica) e que não beneficiam dos aparelhos auditivos convencionais (estimulação acústica”.
 
“A estimulação eletroacústica é, então, a combinação entre um aparelho que é capaz de realizar a estimulação elétrica em algumas zonas da cóclea (altas frequências) e um aparelho de audição convencional, que é capaz de estimular outras regiões da cóclea (baixas frequências”, elucida António Sousa Vieira.
 
A estimulação eletroacústica utiliza a amplificação acústica e a tecnologia do implante coclear (estimulação elétrica) em simultâneo, estando indicada para pessoas que foram diagnosticadas com surdez parcial e que recebem pouco ou nenhum benefício com aparelhos auditivos.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close