Sociedade

Hospital inglês prefere enfermeiros portugueses

Um hospital inglês, situado na região de Norfolk, acaba de contratar 42 enfermeiros portugueses devido às suas elevadas competências e à falta de especialistas treinados no Reino Unido. Os portugueses preencheram mais de metade das vagas.
Versão para impressão
Um hospital inglês, situado na região de Norfolk, acaba de contratar 42 enfermeiros portugueses devido às suas elevadas competências e à falta de especialistas treinados no Reino Unido. Os profissionais de enfermagem lusos devem chegar a Inglaterra nos próximos meses de Junho e Julho.
 
No total, de acordo com informações avançadas pela BBC, o Queen Elizabeth Hospital, em King's Lynn, pretendia recrutar 70 novos enfermeiros em consequência do aumento da necessidade dos pacientes. 
 
“A dependência dos doentes está a aumentar, os pacientes estão a envelhecer e têm necessidades cada vez mais complexas, pelo que é importante que tenhamos o número ideal de profissionais nas nossas equipas”, explica à BBC a responsável do departamento de enfermagem daquele hospital, Valerie Newton. 
 
Segundo Newton, a preferência pelos enfermeiros portugueses deve-se à qualidade da sua formação e às capacidades que apresentam à chegada. “Eles estudam durante quatro anos e a aprendizagem é muito virada para a prática, pelo que chegam a Inglaterra com competências práticas e clínicas excelentes”, considera. 
 
Em declarações à Lusa, Nikki Platjies, uma das enfermeiras seniores envolvidas no processo de recrutamento em Portugal, corrobora esta opinião. “A razão para preferirmos enfermeiros portugueses é porque são formados a um nível muito elevado em Portugal e porque são muito populares junto dos nossos pacientes”, afirma. 
 
No âmbito desta ação de recrutamento, que levou também à seleção de enfermeiros irlandeses e ingleses, os portugueses ocuparam mais de metade das 70 vagas disponíveis e vão, assim, juntar-se aos 30 profissionais de nacionalidade lusa que já trabalham naquele hospital desde 2011. 
 
De realçar que, em apenas seis anos, o número de enfermeiros portugueses a chegar ao Reino Unido se multiplicou por 39. Atualmente, a nacionalidade portuguesa é a segunda nacionalidade estrangeira com mais inscrições na ordem profissional dos enfermeiros britânica. 

Notícia sugerida por Vítor Fernandes

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close