Mundo

Homem dá a volta ao mundo a pé e passa em Portugal

Tom Deniss quer dar a volta ao mundo a correr. O australiano percorre 50 quilómetros diários para angariar fundos para uma organização de luta contra a pobreza.
Versão para impressão
Tom Deniss quer dar a volta ao mundo a correr. O australiano de 50 anos percorre 50 quilómetros todos os dias para alcançar o seu objetivo. A sua missão tem também uma vertente solidária: angariar fundos, por todo o globo, para uma organização internacional de luta contra a pobreza.

por Márcia Moço
 

Fã incondicional de desporto, o empresário de uma pioneira empresa na área da energia das ondas trocou a prática regular da modalidade de sprint para abraçar a técnica da maratona, que o motivou, em certa parte, a seguir este projeto, como explicou ao Boas Notícias.
 
O projeto “Tom's Next Step” tem de cumprir  várias regras, como por exemplo viajar sempre em direção ao Leste, passar por quatro continentes e registar cada resultado diário no GPS. “Senti que esta seria uma maravilhosa forma de ver o mundo e pareceu-me também uma maneira eficaz de angariar fundos para a Oxfam”, explica Tom Deniss.
 
O australiano pretende arrecadar cerca de 75 mil euros para a organização não-governamental internacional que tem como objetivo a luta contra a fome a pobreza no mundo. Até ao momento, os quilómetros que Tom Deniss percorreu já arrecadaram 14 mil euros.
 
O percurso diário começa às nove horas da manhã, voltando a parar às quatro horas da tarde. Quando chega à noite, Tom Deniss atualiza as novidades no site oficial do “Tom's Next Step”, página que inclui o seu blog, percurso e resultados das suas provas.
 
Para este projeto, conta com o apoio da sua própria empresa, Oceanlinx, e da firma Next Digital, patrocinadores da iniciativa que apresenta um custo total de cerca de 120 mil euros, distribuídos em aluguer de carros, alojamento, alimentação e voos de avião quando é impossível fazer o percurso a pé.
 
Ao longo dos últimos 14 meses Tom Deniss, que partiu para esta aventura de Sidney (Austrália), já percorreu a América do Norte, América do Sul e, há uma semana, chegou à Europa onde o primeiro país que pisou foi Portugal. Desta parte da viagem os momentos mais especiais “foram no Grand Canyon, na corrida pelos Andes e a passagem por Portugal e Espanha, que também gostei muito de visitar”, confessa.

Em Portugal, Tom Deniss teve a oportunidade de conhecer a gastronomia local e as arquiteturas das aldeias, guardando memórias do Cabo da Roca, Ericeira e, “especialmente, de Torres Vedras, uma cidade que não conhecia e que foi maravilhoso visitar”. A sua passagem pelo Cabo da Roca está gravada em vídeo e foi partilhada no Youtube de Deniss (ver vídeo acima).

 

O australiano está agora em Espanha e mantém a mesma rotina diária desde que saiu de casa. No final de 26.232 quilómetros, Tom Deniss vai tornar-se na segunda pessoa a dar a volta ao globo em corrida.


Aceda AQUI ao site oficial de Tom Deniss.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close