Em Destaque Negócios e Empreendorismo

Homeit é a primeira start-up portuguesa a financiar-se em tempo recorde na Seedrs

Plataforma que permite gerir remotamente unidades de alojamento local recorreu ao equity crowdfunding para angariar investidores.
Versão para impressão
por redação

A Homeit, plataforma portuguesa que permite gerir remotamente unidades de alojamento local, tornou-se na primeira start-up portuguesa a financiar-se em tempo recorde. Ao recorrer à Seedrs, a maior plataforma europeia de equity crowdfunding, a start-up conseguiu angariar financiamento por parte de investidores em todo o mundo e captou os 250 mil euros pretendidos em apenas quatro dias.

A start-up nacional atingiu o objetivo ao captar 250 mil euros por 10% do capital, avaliando a empresa em 2,25 milhões de euros, numa ronda de financiamento que já atraiu mais de 160 investidores, dos quais mais de metade são, até agora, fora de Portugal. A campanha, que em apenas quatro dias entrou em overfunding, vai manter-se ativa durante as próximas semanas em https://www.seedrs.com/homeit.

A Homeit, plataforma portuguesa que criou uma solução simples, segura e de baixo custo para o mercado dos arrendamentos de curta duração que permite gerir remotamente as unidades de alojamento local, lançou no início desta semana uma operação de venda de ações em equity crowdfunding. O sistema Homeit funciona tanto com as portas da rua como as dos apartamentos, e permite o acesso aos hóspedes e fornecedores através de um de smartphone ou de um sms.

“É gratificante contar com 162 investidores de muitos países que apostaram no sucesso da Homeit e conseguir concluir com sucesso a campanha de financiamento através do modelo de equity crowdfunding antes do prazo. Agradeço à equipa da Homeit e a todos os que nos têm ajudado até agora”, salienta André Roque, CEO e co-fundador da Homeit.

Para Filipe Portela, diretor de desenvolvimento de negócios da Seedrs, “o facto de mais uma empresa portuguesa ter conseguido financiar-se com sucesso numa fase seed e antes do prazo final é um excelente sinal da qualidade das startups portuguesas e demonstra que qualquer empresa pode realizar campanhas na Seedrs. Esperamos assistir a mais casos de sucesso como este”.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close