Sociedade

Guitarra de Mark Knopfler "rende" 8.000 euros à Cerci

O leilão de uma guitarra oferecida por Mark Knopfler e que será autografada pelo próprio num concerto em Portugal no final deste mês angariou 8.000 euros a favor da Cerci Oeiras, instituição de solidariedade social que apoia pessoas com deficiência.
Versão para impressão
O leilão de uma guitarra oferecida por Mark Knopfler e que será autografada pelo próprio num concerto em Portugal no final deste mês angariou 8.000 euros a favor da Cerci Oeiras, instituição de solidariedade social que apoia pessoas com deficiência e para a qual vai reverter a totalidade daquele valor.
 
A guitarra, uma Fender Standard Stratocaster doada pelo guitarrista britânico que decidiu juntar-se a uma causa solidária a propósito da sua passagem pelo festival edpcooljazz, em Oeiras, no dia 28 de Julho, foi arrebatada por um cidadão do Porto, anunciou, em comunicado enviado ao Boas Notícias, a eSolidar, plataforma responsável pelo leilão.
 
De acordo com a eSolidar, o instrumento, cujo leilão terminou a 30 de Junho e tinha uma base de licitação de 499 euros, será autografado “em frente ao vencedor e entregue pelo próprio Mark Knopfler” no camarim, momentos antes da sua subida ao palco.
 
Segundo a plataforma portuguesa de comércio solidário, “a receita do leilão reverte na totalidade” para a Cerci Oeiras, que planeia usar o montante angariado “para a aquisição de material técnico essencial para o bem-estar dos utentes da instituição”, nomeadamente cadeiras de rodas, gruas de transferência e uma carrinha de nove lugares.
 
Além de adquirir uma guitarra autografa pelo antigo guitarrista dos Dire Straits e de o conhecer pessoalmente no dia do espetáculo, o vencedor do leilão terá, também, direito a um bilhete para assistir ao concerto de Mark Knofpler no edpcooljazz.

Leilão resultou de parceria entre o município e o festival
 

“Esta iniciativa conjunta com o edpcooljazz faz todo o sentido para o nosso Programa Oeiras Solidária, onde tentamos apoiar ao máximo as Instituições de Solidariedade do concelho, que muito têm contribuído para o bem-estar, reabilitação e integração dos seus utentes na sociedade”, afirma Paulo Vistas, presidente da autarquia de Oeiras.
 
A mesma opinião é partilhada pela organização do edpcooljazz, que considera que esta iniciativa vem “reforçar a relação” que tem vindo a ser estabelecida com o município. 
 
“Todas as iniciativas que possamos desenvolver com os artistas para beneficiar e apoiar as instituições que dele fazem parte serão sempre impulsionadas por nós”, garantem os responsáveis do festival.
 
Fundada em 1975 por um grupo de pais e técnicos de reabilitação insatisfeitos com o atendimento prestado pelos organismos convencionais aos seus filhos, deficientes intelectuais, a CerciOeiras assume-se como uma cooperativa de educação e reabilitação dos cidadãos com incapacidade. 
 
A associação “tem procurado, sobretudo, humanizar esse atendimento através da inserção de métodos e técnicas científicas aplicadas por colaboradores especializados nas áreas da psicologia, do serviço social, das terapias (ocupacional, fala e fisioterapia), da educação física e da psicomotricidade”.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close