Mundo

Guiné-Bissau: 1º banco de crédito para camponeses

O Presidente da Guiné-Bissau, Malam Bacai Sanhá, inaugurou na passada terça feira, em Farim, o primeiro banco de crédito que vai apostar no apoio aos camponeses, sobretudo as mulheres guineenses, na luta contra a pobreza.
Versão para impressão
O Presidente da Guiné-Bissau, Malam Bacai Sanhá, inaugurou na passada terça feira, em Farim, o primeiro banco de crédito que vai apostar no apoio aos camponeses, sobretudo as mulheres guineenses, na luta contra a pobreza.

O banco, localmente designado caixa de crédito e poupança agrícola, é constituído por capitais senegaleses e vai ser instalado em todas as regiões da Guiné-Bissau, noticiou a agência Lusa.

De acordo com informações do Governo guineense, o banco poderá ajudar cerca de 30 mil mulheres só na zona de Farim, sendo que há ainda a possibilidade de outras pessoas serem beneficiadas.

Ontem, o primeiro grupo de mulheres recebeu aproximadamente três mil euros, que terão de pagar dentro de três meses após a sua atividade.

“[Esta caixa de crédito e poupança] é um cumprimento da promessa eleitoral”, explicou Bacai Sanhá, que referiu que a luta contra a pobreza “passa sobretudo pela promoção dos camponeses e das mulheres”.

A seguir a Farim, localidade situada a escassos 35 quilómetros do Senegal, Bissau e Gabu são as regiões onde o banco designado será instalado.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close