iliving&trends

Growroom: Horta urbana ao estilo IKEA

Será possível reinventar o conceito de horta urbana e torná-lo mais prático para a vida citadina? O Space10, laboratório para sustentabilidade do grupo IKEA, acredita que sim e valeu-se do contributo de dois arquitetos.
Versão para impressão
O resultado é uma espécie de móvel IKEA aplicado à agricultura urbana: design arrojado, dividido em peças para montar no interior ou exterior. Sob o nome Growroom, esta solução ambiciona fazer a diferença ambiental nas cidades.

“O Growroom é uma exploração artística do potencial incrível da agricultura urbana”, começa por explicar o Space10. O desafio foi criar uma solução de produção agrícola em pequena escala, que se adequasse às cidades. Ou seja, mais do que replicar o conceito de horta em talhões de terra, o Space10 colocou esforços numa alternativa criada de raiz para o ambiente urbano.

© Niklas Adrian Vindelev

O resultado foi uma esfera de madeira formada por múltiplas prateleiras, ao longo de 2,8 x 2,5 metros, concebida pelos arquitetos Mads-Ulrik Husum e Sine Lindholm – e com o apoio do designer de interação Thomas Sandahl Christensen e do jardineiro Sebastian Dragelykke. Em toda a estrutura, é possível cultivar vegetais, ervas aromáticas e plantas comestíveis. Além da vertente prática da microprodução agrícola, a peça causa impacto pela dimensão vertical e pelo design original.

Apesar de poder causar estranheza à primeira vista, o pavilhão esférico foi pensado ao pormenor para as funções de suporte à agricultura urbana. Em primeiro lugar, pelo tamanho. Ao invés de canteiros horizontais, a estrutura foi desenhada na vertical para se adaptar à realidade das cidades, reduzindo, assim, o espaço ocupado. Além disso, a distância entre prateleiras e o formato de esfera asseguram doses adequadas de luz solar e água para todos os espaços de cultivo.

Para o Space10, o Growroom tem o potencial de ser um “pequeno oásis” a romper a correria das cidades. Mais do que o produto em si, a estrutura esférica foi apresentada como um incentivo “ao debate sobre como podemos trazer a natureza de volta às cidades, produzir a nossa própria comida e responder à procura crescente por mais comida no futuro”. Através desta solução, o laboratório quer incentivar o cultivo local de alimentos. As vantagens são económicas, mas sobretudo ambientais, já que a produção local evita a pesada pegada carbónica do transporte de alimentos para as grandes cidades.

Para contribuir para este objetivo ambiental, o laboratório do IKEA foi mais longe: todo o conceito Growroom é open source, para que cada pessoa possa construir a sua própria esfera de agricultura urbana. Em suma, esta solução não é vendida, nem está disponível em nenhuma loja.

© AlonaVibe

Para poder ter o seu próprio Growroom, terá sempre de recorrer a tecnologias de fabricação digital. O website do Space10 disponibiliza os ficheiros para equipamentos CNC (fresadora), com os moldes que serão cortados em contraplacado. O mais fácil, recomenda o Space10, é recorrer aos recursos e experiência de um fablab (abreviatura de Fabrication Laboratory, laboratório de fabricação digital) perto da sua área de residência, com os ficheiros do Growroom.

Em Portugal, existem 15 fablabs ativos, segundo a Associação Fablabs Portugal, em localizações como Lisboa, Porto, Coimbra, Santarém, Bragança, Évora, Guarda ou Fundão, por exemplo. Nestes espaços, poderá cortar os vários componentes do Growroom e depois proceder à sua montagem, já no local permanente onde a estrutura ficará instalada. A tarefa aparenta ser árdua, mas os responsáveis garantem que o design da peça torna a instalação “fácil e intuitiva para todos”. Para ajudar, o Space10 oferece também um manual de montagem dos vários elementos. Depois, basta dedicar-se a juntar as peças do puzzle, como numa peça de mobília do IKEA.

O Space10 foi lançado pelo grupo Inter IKEA em 2015, em Copenhaga (Dinamarca). Além da componente de investigação em design, o espaço tem também uma área de exposição. O propósito das duas vertentes é comum: explorar as possibilidades do design em prol de novas soluções e modelos de negócio sustentáveis e responsáveis, para um futuro melhor.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close