Sociedade

Governo estuda incentivo a quem deixar de fumar

O Minstério da Saúde admitiu esta quinta-feira, a possiblidade de devolução do dinheiro gasto com fármacos aos fumadores que pretendem deixar de fumar. Contudo, esta não será a única ideia pensada para incentivar os portugueses a porem o cigarro de p
Versão para impressão
O Minstério da Saúde admitiu esta quinta-feira, a possiblidade de devolução do dinheiro gasto com fármacos aos fumadores que provarem que deixaram de fumar. Esta é apenas uma das propostas pensadas para incentivar os portugueses a porem o cigarro de parte.

A ideia de devolver o valor dos fármacos e adesivos partiu de Fernando Leal da Costa, secretário de Estado adjunto do ministro da Saúde, e terá como principal intenção fazer com que mais pessoas deixem de fumar.

O secretário considera ainda que os medicamentos em si têm um “eficácia relativa” e, por isso, terão que existir “outras medidas de apoio”, acrescentando ainda que é preciso criar “um sistema de comparticipação que premeie a adesão a um programa de desabituação, não somente ao medicamento”, cita o jornal Público.

Em cima da mesa estão ainda pensados outros incentivos à cessação tabágica. Leal da Costa prevê que, ainda este ano, sejam aprovadas algumas diretivas da União Europeia como é o caso da implementação de imagens chocantes nos maços de tabaco.

Para além disso, a Direção Geral da Saúde vai lançar uma campanha de sensiblização para os riscos que o fumo do tabaco oferece a todos aqueles que não fumam, isto é, os fumadores passivos.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close