Imagem: Nuno Silva e Pinto/Boas Notícias
Em Destaque Sociedade

Google.org doa € 100.000 à Cruz Vermelha para aquisição de equipamentos de Teleassistência

Cruz Vermelha Portuguesa e Google.org juntas na fase de recuperação após incêndios de 2017
Versão para impressão

O ano de 2017 foi marcado pelos incêndios florestais mais mortíferos e complexos vividos em Portugal. A Google.org, filial da Google responsável pela filantropia, acaba de doar €100.000 à Cruz Vermelha Portuguesa para ajudar a recuperar as áreas afetadas e para promover uma maior assistência às vítimas dos fogos.

O donativo da Google.org tem como objetivo a compra e a instalação de equipamentos de Teleassistência nos concelhos de Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra e Arganil, de forma a fornecer este serviço gratuitamente aos mais idosos e dependentes que vivem em áreas mais isoladas, referenciados pelas Autarquias envolvidas.

Para Francisco George, Presidente da Cruz Vermelha Portuguesa “o serviço de Teleassistência é muito importante porque permitirá às vítimas viver com mais segurança, mesmo em zonas mais isoladas. Terão acompanhamento telefónico da CVP 24h por dia, 365 dias, disponível em qualquer situação. O nosso obrigado à Google.org por nos ajudar a melhorar a vida das pessoas afectadas por esta catástrofe.”

Para Francisco Ruiz Anton, Diretor de Políticas Públicas e Relações Institucionais do Google Portugal e Espanha, “uma crise pode surgir a qualquer hora, em qualquer lugar – e cada uma é um desafio único / isolado. A doação de € 100.000 para a Cruz Vermelha Portuguesa é a nossa contribuição para ajudar nos esforços de recuperação após os incêndios florestais mais letais e complexos que alguma vez ocorreram em Portugal. Estamos muito felizes por apoiar a aquisição de 300 conjuntos de equipamentos de Teleassistência que ajudarão essas pessoas em áreas mais remotas”.

A Cruz Vermelha Portuguesa esteve envolvida desde o primeiro dia dos fogos florestais, através da participação de 40 estruturas locais na resposta de emergência a esta catástrofe, que afectou inúmeras pessoas e famílias, empresas, bens, pastos e terrenos agrícolas. Desde evacuações e emergências, ao apoio psicológico, distribuição de alimentos e prestação de cuidados primários de saúde, o apoio da CVP foi dado por centenas de voluntários presentes nos locais mais afectados.

 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close