Sociedade

Gato recupera confiança de menino autista

Fraser e Billy são protagonistas de uma amizade muito especial: Fraser é um menino autista que conseguiu ultrapassar grande parte dos seus medos graças ao apoio permanente de Billy, um gato que a família resgatou de um gatil.
Versão para impressão
Fraser e Billy são protagonistas de uma amizade muito especial: Fraser é um menino autista que conseguiu ultrapassar grande parte dos seus medos graças ao apoio permanente de Billy, um gato que a família resgatou de um gatil.

Um dos seus filhos do casal Booth, foi diagnosticado com autismo quando tinha apenas 18 meses. É um diagnostico angustiante para qualquer pai uma vez que o prognóstico em termos de evolução e sempre muito reservado.

Como a maior parte dos autistas, Fraser vivia fechado no seu próprio mundo sem comunicar com aqueles que o rodeavam. Além do autismo, o menino sobre de uma doença que atrofia os músculos fazendo com o simples gesto de andar ou agarrar objetos se torne difícil.

“Desde o diagnóstico, a nossa vida não tem sido fácil. Não sabemos nunca o que fazer ou que tratamento seguir. A única coisa que podemos fazer é seguir os nossos instintos”, conta Loiuse ao site norte-americano Sydney Morning Herald.

E foi mesmo por instinto que a família decidiu ficar com o pequeno Billy, um gatinho adotado de uma associação de proteção dos animais. A família tinha um gato idoso e, inicialmente, Fraser não ligava muito ao animal, mas nos últimos tempos parecia mais intrigado com o felino. “Como o nosso gato Toby já era muito velho achei que seria preferível arranjar um gatinho mais jovem”, explica a mãe do menino.

No momento em que foram buscar o jovem felino, Billy saltou imediatamente para junto de Fraser que ficou fascinado, olhando o animal com um “sorriso nos lábios”. “Queres dizer um olá ao Billy?”, perguntou a mãe ao menino. Para sua surpresa Fraser respondeu: “Mãe, vens comigo?”.

“Para os outros pais esta frase é uma coisa banal mas para nós foi um momento muito emocionante”, conta Loiuse. Desde aí, Billy e Fraser passam a maior parte do tempo juntos, com o gatinho a tornar-se um elemento fundamental, sobretudo quanto Fraser tem crises nervosas.

Loiuse salienta que a presença do animal acalma o menino nos momentos mais sensíveis para a criança, como a hora do banho que, antes de Billy chegar, era um verdadeiro pesadelo, com Fraser aos gritos do princípio ao fim. “Billy aproxima-se da banheira e fica ali a dar o seu apoio, Fraser simplesmente aceita e os banhos deixaram de ser um pesadelo”, relata a mãe do menino.

A estória desta amizade que mudou a vida de uma família foi relatada por Loiuse no livro “When Fraser met Billy”, que já está traduzido em várias línguas. 

Siga no Facebook a amizade Billy e Fraser

Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close