Mundo

Gato italiano deixa “prendas” no túmulo do dono

De uma aldeia italiana chega-nos a história de um gato inconsolável que, após a morte do seu dono, há cerca de um ano, tem visitado o túmulo do homem quase diariamente, levando-lhe pequenas recordações.
Versão para impressão

De uma aldeia italiana chega-nos a história de um gato inconsolável que, após a morte do seu dono, há cerca de um ano, tem visitado o túmulo do homem quase diariamente, levando-lhe pequenas recordações.

O comportamento do gato Toldo comove os habitantes da pequena vila. A viúva do falecido, Ada Iozzelli, disse à agência France Press que o gato deixa no túmulo do antigo dono pequenas recordações como “ramos ou folhas de árvores”. “Leva-lhe várias coisas”, acrescenta.

A viúva explica que, por vezes, o gato a acompanha na visita ao cemitério da aldeia de Montagnana, mas muitas vezes vai sozinho. “Já toda a aldeia o conhece!”, comenta.
 
O gato Toldo, um rafeiro de pelo cinzento e branco com 3 anos de idade, seguiu mesmo o cortejo fúnebre de Iozzelli, quando o dono faleceu no ano passado. Depois disso, continuou a visitar o cemitério, um comportamento normalmente associado aos cães.
 
“Ele adorava o meu marido. Era incrível!” recorda a viúva, citada pela AFP. Ada acrescentou que, com a chegada do Inverno, Toldo mostrou sintomas de bronquite pelo que tem dormido ao seu lado e reduzido as viagens até ao cemitério.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close