Em Destaque Sociedade

Fundação Adecco e Comité Internacional da Cruz Vermelha unem-se pela inclusão social

Parceria com uma das principais organizações humanitárias impulsiona a inclusão social e a reintegração de pessoas com deficiências no mercado de trabalho, por meio do desporto
Versão para impressão
por redação

A Fundação do Grupo Adecco associa-se ao Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), com o objetivo de trabalharem em conjunto no sentido de impulsionarem a inclusão social e a reintegração de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, em áreas afetadas por conflitos armados.

A colaboração inicial terá um período de três anos e concentrar-se-á no apoio e crescimento do Programa de Reabilitação Física do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV).

O programa utiliza o desporto como meio para a reabilitação e inclusão de pessoas com deficiência e visa complementar o seu progresso físico e mental, com orientação profissional e respetiva integração no mercado de trabalho.

Esta iniciativa vai ao encontro do programa já introduzido em Portugal, o Athlete Career Programme que auxilia ex-atletas olímpicos a preparem-se para a vida após a carreira desportiva. “O comprometimento da Adecco no sentido de ajudar não só ex-atletas, como também pessoas que necessitem de formação adicional e de explorar competências que sejam valorizadas e relevantes para o mercado de trabalho, tem sido uma grande aposta do grupo, com um impacto muito positivo nas vidas dos respetivos”, refere Carla Rebelo, Diretora Geral da Adecco Portugal.

O Programa de Reabilitação Física já teve início em países como a Índia, Tailândia, Afeganistão e Sudão do Sul, bem como Gaza, com o objetivo de se expandir no futuro para outros territórios.

 Da parceria entre a Fundação do Grupo Adecco e da Cruz Vermelha, espera-se que no futuro se desenvolvam outros programas focados na resolução de outras questões como a inclusão de colaboradores em organizações humanitárias, capacitação através de programas de intercâmbio de colaboradores e a evolução e expansão da profissionalização do setor humanitário.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close