Negócios e Empreendorismo

Franceses investem milhões na castanha de Vinhais

Um grupo de empresários franceses acaba de investir mais de quatro milhões de euros numa fábrica de transformação de castanha no pequeno munícipio de Vinhais, em Trás-os-Montes. O investimento vai permitir a criação de 50 postos de trabalho.
Versão para impressão
Um grupo de empresários franceses acaba de investir mais de quatro milhões de euros numa fábrica de transformação de castanha no pequeno munícipio de Vinhais, em Trás-os-Montes. O investimento vai permitir a criação de 50 postos de trabalho e é descrito pelo autarca local como “um milagre”.
 
De acordo com Américo Pereira, edil de Vinhais, aquele município “concentra metade da produção nacional de castanha, que exporta para diversos países, nomeadamente para os franceses, que decidiram transformar no local a castanha que há vários anos recebiam desta zona portuguesa”.
 
Numa altura em que o país assiste ao encerramento de empresas “e em que só se ouve falar de desemprego, despedimentos e redução de postos de trabalho”, a nova fábrica abre na próxima semana no concelho transmontano, adiantou Américo Pereira, citado pela Lusa, e “terá capacidade para transformar a castanha produzida em todo o país”.
 
O investimento foi divulgado pelo autarca na abertura da Rural Castanea, feira anual de promoção da castanha que começa a ombrear com o conhecido e tradicional fumeiro de Vinhais. 
 
“O futuro está nestes produtos”, vincou o socialista, acrescentando que a dedicação das gentes locais a estas atividades é a razão de “a crise estar a ter reflexos menos negativos no mundo rural, que tem sabido manter alguma forma de subsistência”.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close