Negócios e Empreendorismo

FMM Dia 3: [Boas] Surpresas e sons dos desertos

O folk francês de The Rodeo [aka Dorothée, na foto] foi a melhor supresa do terceiro dia do Festival de Músicas do Mundo. Onde se destacaram também os sons inóspitos dos Barbez, a música tradiconal chinesa com vestes pop da chinesa Sa Dingding e o de
Versão para impressão
[Foto © FMM/Sofia Costa]

O folk francês de The Rodeo [aka Dorothée, na foto] foi a melhor supresa do terceiro dia do Festival de Músicas do Mundo (FMM). Onde se destacaram também os sons inóspitos dos Barbez, a música tradiconal chinesa com vestes pop da chinesa Sa Dingding e o deserto azul dos Tinariwen. A noite terminou em festa com as batidas de Forro in The Dark e o “djing” do Bailarico Sofisticado.

Kimi Djabate inaugurou os palcos do segundo dia do FMM. Às 18 horas, no castelo de Sines, eram já muitos os que dançavam ao som do “balafon” [xilofone africano] e da língua mandinga do artista guineense.

Mas foi com a voz poderosa da francesa Dorothée com o seu projeto The Rodeo [anagrama de Dorothée] que a festa começou a sério. No seu estilo único, Dorothee mostrou o que o folk norte-americano pode ser. E depois seguiu por outras paragens sonoras, com uma cover deliciosa de “Beautiful People” de Marilyn Manson. Quando o concerto parecia perto do fim, Dorothée regressou ao palco, num encore com mais três músicas. Sem dúvida, a melhor surpresa do terceiro dia de festival.

De volta ao castelo, os Barbez chegaram com sons inóspitos mas preciosos, distorções de um  possível deserto que os músicos austríacos e norte-americanos constroem a partir de paisagens tão diversas como rock, o jazz e a musica clássica.

Depois, Sa Dingding, um pássaro do oriente ornamentado com cores infinitas, passeou pelo mundo onírico da tradição chinesa. Mas deixou espaço para interpretações pop como Little tree/Big tree e Girl in a Green Dress.

Vindos do Mali, os Tinariwen, presença assídua nos palcos nacionais, voltaram mais uma vez com os sons do deserto e onde o blues e o rock espreitam esporadicamente.

A festa terminou em grande com os imparáveis Forro in The Dark. Batucadas, guitarras, percussão, metais e a voz predominante de Mauro Refosco a exigir tanto do público como da banda. A seguir, já depois das 04h, a festa ficou a cargo do Bailarico Sofisticado.

Staff Benda Bilili, os músicos de rua deficientes vindos do Congo, e o djing “toasting” do jamaicano U-Roy são os destaques para hoje, sábado, último dia do FMM.

Links:
FMM Dia 2
FMM Dia 1

PM

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close