Lifestyle

Fios de auscultadores reciclados em acessórios de moda

Uma nova colaboração entre o mundo da tecnologia e o mundo da moda tranformou fios de auscultadores inutilizados em acessórios de moda, numa linha amiga do ambiente.
Versão para impressão
Uma nova colaboração entre o mundo da tecnologia e o mundo da moda tranformou fios de auscultadores inutilizados em acessórios de moda, numa linha amiga do ambiente.

A Sony e a marca de estilista britânica Auria, conhecida por produzir roupa e acessórios de praia feitos a partir de nylon obtido de redes de pesca recolhidas dos mares. Juntas, as marcas criaram uma linha de acessórios que recicla fios de headphones inutilizados.

A coleção tem cinco peças de cinco cores diferentes: uma caixa dos óculos cor de rosa, uma mala para a praia vermelha, uma capa para o telemóvel azul, umas sandálias pretas e uma capa para o passaporte amarela. No total, 113 metros de fio são utilizados na criação de cada conjunto.


Mala de praia da Auria combinada com os auscultadores sem fios da Sony

Como revela a foto acima, os fios velhos foram utilizados para fabricar as alças e as partes laterais da mala. Desta forma a Sony assinala o lançamento dos seus novos auscultadores h.ear que não precisam de fios para funcionarem. A conexão entre estes e o dispositivo eletrónico é feita através de bluetooth.

A marca Auria orgulha-se em conseguir combinar os gostos dos clientes com um processo de produção sustentável. A fundadora e designer Diana Auria trabalha com a empresa Italiana Econyl para criar as suas peças. O material utilizado é nylon reciclado, feito a partir de redes de pesca antigas e outros restos marinhos, dos quais se extrai poliamida pura (proteínas) para criar o tecido novo.


As sandálias pretas reciclam os fios ao entrelaçá-los para criar a parte superior dos chinelos

Numa entrevista com o Guardian, Auria comenta que "fazer a diferença para o meio ambiente é muito importante para mim, mas também sei que as pessoas não compram roupa para a praia se não se sentem confortáveis quando a vestem."

A indústria têxtil tem um grande impacto no ambiente, principalmente devido ao uso de energia e produtos químicos tóxicos. Um relatório de 2011 do Wrap (Waste and Resources Action Programme – Programa de Acção sobre os Resíduos e Recursos) descobriu que 5% das pegadas de carbono do Reino Unido carbono resultam da produção de vestuário.

Com estes valores em mente, Auria juntou-se ao número crescente de empresários da indústria da moda que recicla materiais desperdiçados para criar novos produtos.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close