Gastronomia

Festival: Francesinhas dão sabor à Baixa do Porto

Desde quinta-feira que a cidade do Porto ganhou mais sabor com o arranque do festival "Francesinha na Baixa", que se prolongará até ao dia 13 de Outubro.
Versão para impressão
Desde quinta-feira que a cidade do Porto ganhou mais sabor com o arranque do festival “Francesinha na Baixa”, que se prolongará até ao dia 13 de Outubro e que, além de propostas gastronómicas tentadoras nas quais a “iguaria tripeira” é rainha, oferecerá também atrativos como sessões de cozinha ao vivo.
 
Esta é a segunda edição do evento e é também o segundo capítulo dos festivais “Super Gastronómicos”, apresentados pela EV-Essência do Vinho e pela Super Bock com o apoio da Câmara Municipal do Porto e que promovem “a conjugação da cerveja com a gastronomia de cada local”, explica a organização.
 
Durante 12 horas por dia ao longo de todo o festival, os restaurantes BB Gourmet, Café Santiago, Capa Negra, Cufra e Porto Beer vão apresentar, no mesmo espaço, a Praça D. João I, cerca de 20 propostas diferentes de francesinhas, sejam estas “de carne assada, com bife, linguiça de porco preto, vitela fumada, carnes brancas, com e sem ovo, especial, em pão de cruz” e até mesmo vegetariana.
 
Todas as opções estão disponíveis a 8, 10 e 12 euros e a completar os menus há entradas e sobremesas, além das cervejas Super Bock, incluindo as novas receitas artesanais “Selecção 1927, a Munich Dunkel”, feita com malte especial de Munique e apresentada no evento pela primeira vez.
 
Durante o festival, os visitantes poderão ainda assistir a sessões de cozinha ao vivo com chefes de renome, como Hélio Loureiro e Nuno Inverneiro, desafiados a reinterpretar esta famosa sandes, eleita pelo portal AOL Travel como uma das dez melhores do mundo.
 
O “Francesinha na Baixa” decorre nos dias 4, 5, 11 e 12 de Outubro (sextas e sábados) entre as 12.00h e as 24.00h e nos dias 6, 7, 8, 9, 10 e 13 (de domingo a quinta) entre as 12.00h e as 23.00h.

Francesinha no jornal The Guardian
 

A propósito da realização do evento é interessante realçar que a Francesinha continua a dar que falar além-fronteiras. Recentemente, a iguaria portuense mereceu destaque num artigo do jornal britânico The Guardian acerca das razões que levam os amantes da gastronomia a serem fãs de sanduíches.
 
Sob o título “Why the world loves a sandwich”, (“Porque é que o mundo adora uma sandes”), a autora do artigo, Helen Grave, debruça-se sobre os encantos de diversas sandes escolhidas por si para figurar no livro da sua autoria “101 Sandwiches”, entre as quais a Francesinha, uma sanduíche especial “com molho de cerveja” que está entre “as menos conhecidas e aquelas que mais vale a pena divulgar”.

Clique AQUI para saber mais sobre o festival “Francesinha na Baixa”.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close