Imagem: Nuno Silva e Pinto
Cultura Em Destaque

Fado e Canção de Coimbra percorrem 19 municípios da Região Centro

'Coimbra Região de Cultura' é uma rede de programação patrimonial e cultural
Versão para impressão

‘À Volta do Fado’ é uma das propostas artísticas do projeto ‘Coimbra Região de Cultura’ que, até abril de 2019, vai percorrer 19 municípios da Região Centro com uma programação que cruzará o Fado e a Canção de Coimbra com diversas artes, saberes e sabores da cultura nacional, como a pintura, poesia, cinema, gastronomia, dança, entre outras.

O próximo espetáculo acontece já no dia 26 de julho, quinta-feira, em Mira, com apresentações de Fado e Canção de Coimbra em alguns pontos da cidade: Praça do Calcinhas (20h00), Museu Etnográfico e Posto de Turismo (22h00) e Praça do Bairro da Valeira (00h00). A iniciativa é de entrada gratuita e está a cargo de Bruno A. Costa (Guitarra Portuguesa), Nuno M. Botelho (Guitarra Clássica) e António Ataíde (Voz).

Pretendendo homenagear o legado do Fado e da Canção de Coimbra como património imaterial único e fortalecer a sua conexão com os territórios, o ciclo ‘À Volta do Fado’ abrange ainda eventos como ‘Com a Guitarra de Paredes’ (Coimbra, 29 de julho), ‘Serenatas à Janela’ (Arganil, 1 de setembro), ‘Coimbra com Vitorino’ (Oliveira do Hospital, 22 de setembro), ‘Fado Pintado’ (Penela, 29 de setembro), Ela [com Né Ladeiras]’ (Góis), ‘Sabores do Fado’ (Miranda do Corvo), ‘Fado Iluminado’ (Tábua), ‘A madeira que se fez guitarra’ (Vila Nova de Poiares), ‘Adega da Canção’ (Mealhada), ‘Guitarra Chillout’ (Pampilhosa da Serra) ou ‘A Guitarra no Circo’ (Lousã).

‘Coimbra Região de Cultura’ é uma rede de programação patrimonial e cultural, na qual está incluído o ciclo ‘À Volta do Fado’, que vai implementar mais de 150 iniciativas nos 19 municípios que integram a Comunidade Intermunicipal de Coimbra: Arganil, Cantanhede, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Figueira da Foz, Góis, Lousã, Mealhada, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Mortágua, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua e Vila Nova de Poiares.

Teatro, música e dança são algumas das artes que se cruzam nesta rede de iniciativas pluridisciplinares que integra espaços patrimoniais, museológicos, centros históricos e recintos culturais, promovendo a valorização turística dos bens patrimoniais da Região.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close