i9magazine

Facebook e Instagram lançam novas ferramentas para gerir o tempo que passa nestas aplicações

Versão para impressão

 

por Ameet Ranadive (Product Management Director, Instagram) e David Ginsberg (Director of Research, Facebook)

O Facebook e o Instagram acabam de anunciar o lançamento de novas ferramentas que ajudam os utilizadores a gerirem o tempo que passam nestas aplicações: um painel de atividades, um lembrete diário e uma nova forma de limitar as notificações. Estas ferramentas foram desenvolvidas por inspiração e em colaboração com organizações e peritos especialistas em saúde mental, académicos e numa análise aprofundada do feedback dado pela comunidade.

O Facebook e o Instagram querem que o tempo que as pessoas passam nestas aplicações seja intencional, positivo e inspirador. Estas novas ferramentas darão mais controlo aos utilizadores sobre este tempo passado nas plataformas e ambicionam também promover um maior diálogo entre pais e adolescentes sobre hábitos online saudáveis e adequados.

Para aceder a estas ferramentas é preciso aceder à página das ‘Definições’ de cada uma das plataformas: no Instagram optar por ‘A sua Atividade’ e no Facebook ‘O Tempo que passa no Facebook’. No topo, verá um painel que mostra o tempo médio passado naquela aplicação, naquele dispositivo. É também disponibilizada informação sobre o tempo total diário. Abaixo deste painel, é possível definir um lembrete diário que o alertará quando chegar ao limite de tempo que definiu, para aquela aplicação, por dia. Estes lembretes podem ser alterados ou cancelados a qualquer altura. Se aceder às ‘Definições das Notificações’ encontrará a opção ‘Silenciar Notificações Push’, que limitará as notificações de ambas as plataformas durante o período de tempo em que precisa de estar concentrado.

O Facebook e o Instagram têm a responsabilidade de ajudar as pessoas a perceberem quanto tempo passam nestas plataformas, para que estas possam melhorar a gestão da sua experiência. Em dezembro de 2017, foram partilhadas algumas explicações sobre o que a equipa do Facebook está a fazer para criar experiências que ajudem os utilizadores unirem-se e desenvolverem relações.

Ferramentas adicionais

Apesar de admitirem que ainda há muito a fazer, durante o último ano, o Facebook e o Instagram disponibilizaram um conjunto de ferramentas para ajudarem as pessoas a controlarem melhor a sua experiência nestas aplicações. No Facebook, a qualidade do Feed de Notícias foi melhorada para mostrar aos utilizadores quais os posts mais relevantes, com opções como Ver Primeiro, Esconder, Deixar de Seguir e Snooze de Palavras-Chave. No Instagram, foram lançadas ferramentas poderosas para cuidar proactivamente da comunidade – tais como filtros de palavras-chave, ecrãs de sensibilidade ou filtros de comentários ofensivos e bullying, entre outros.

O Facebook mantém também em curso o seu compromisso global na prevenção do suicídio, incluindo a expansão da detenção proactiva e uma melhoria na identificação da primeira resposta a dar. Esta abordagem foi concebida em colaboração com organizações de saúde mental como a Save.org, por exemplo, e com a partilha de experiências de quem já pensou em ou tentou suicidar-se.

Alcance da Comunidade

Em março, o Facebook Safety Summit reuniu mais de 100 organizações, investigadores, especialistas e adolescentes para abordarem um vasto leque de temas – de questões sobre segurança e tecnologia ao impacto que a tecnologia tem no nosso bem-estar. Foi também iniciada uma parceria com o Scholastic and Yale Center for Emotional Intelligence para o desenvolvimento e lançamento de ‘Best Selves’, currículos sociais e de aprendizagem emocional, concebidos para fornecer aos professores lições fáceis para ajudarem os estudantes a desenvolverem comportamentos pro-sociais. O Facebook trabalhou também em conjunto com o Stand for Children, o Making Caring Common de Harvard e outros especialistas no desenvolvimento de um currículo de ‘bondade’ e o lançamento do Kids Schools Challenge, na qual se podem inscrever escolas secundárias para o ensino de um currículo de bondade (‘kindness curriculum’) durante 30 dias.

Em suma, não se trata apenas do tempo que as pessoas passam no Facebook e no Instagram, mas da qualidade deste tempo. O Facebook assume a responsabilidade de falar abertamente sobre o impacto que o tempo passado online tem nas pessoas – e esta responsabilidade é levada muito a sério. Estas novas ferramentas são um primeiro passo importante, num empenho contínuo em gerar e manter comunidades seguras, amáveis e solidárias para todos.

A disponibilização destas ferramentas será feita, a nível global, de forma gradual, durante as próximas semanas.

O conteúdo Facebook e Instagram lançam novas ferramentas para gerir o tempo que passa nestas aplicações aparece primeiro em i9 magazine.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close