Saúde

Exteriorizar a raiva aumenta a esperança de vida

Um estudo alemão revelou que as pessoas temperamentais ou com "mau feitio", muitas vezes associado à expressão da raiva e do descontentamento, têm, por norma, uma vida mais longa e saudável.
Versão para impressão
Se está zangado ou irritado, saiba que o melhor para a sua saúde é exteriorizar essas emoções. A conclusão é de um um estudo alemão que revelou que as pessoas temperamentais ou com “mau feitio”, muitas vezes associado à expressão da raiva e do descontentamento, têm, por norma, uma vida mais longa e saudável. 
 
Marcus Mund e Kristin Mitte, investigadores da Universidade de Jena, na Alemanha, defendem que os resultados mais recentes do seu trabalho poderão explicar porque os italianos e espanhóis, mais conhecidos por falarem de cabeça quente, vivem quase mais dois anos do que, por exemplo, os ingleses, que tendem a “calar” a insatisfação.
 
Segundo Mund e Mitte, a contenção excessiva e o hábito de reprimir as emoções negativas podem ter repercussões sérias na saúde física e mental das pessoas, ao passo que deixá-las fluir é mais saudável e pode aumentar até dois anos a esperança de vida. 
 
Os investigadores e a sua equipa estudaram mais de 6.000 indivíduos e concluíram que os que continham a raiva tinham um ritmo cardíaco mais elevado o que, a longo prazo, pode resultar em hipertensão arterial e aumentar o risco de desenvolvimento de uma série de doenças, desde os problemas cardíacos aos danos nos rins e até ao cancro.
 
“[Os 'repressores'] evitam riscos e procuram sempre um elevado nível de controlo sobre si próprios e o que os rodeia”, explicou Mund, citado pelo Daily Mail. No entanto, de acordo com o investigador, nem tudo é mau para os que são mais calmos já que, muitas vezes, estes recuperam mais facilmente de vários problemas.
 
Para Mund, esta facilidade de recuperação deve-se ao facto de serem mais disciplinados e estarem mais disponíveis para adaptar os seus estilos de vida. 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close