Negócios e Empreendorismo

Exportações de cimento português aumentaram 30%

As exportações portuguesas de cimento cresceram 30% em 2013 face ao ano anterior, estando agora situadas nos 133 milhões de euros. A Argélia é, neste momento, o principal mercado de destino do cimento português.
Versão para impressão
As exportações portuguesas de cimento cresceram 30% em 2013 face ao ano anterior, estando agora situadas nos 133 milhões de euros. A conclusão é do estudo “Sectores Portugal” publicado recentemente pela empresa Informa D&B, que revela também que a Argélia é, neste momento, o principal mercado de destino do cimento português.
 
O estudo em causa mostrou ainda, em sentido inverso, uma redução ligeira nas importações, que ficaram nos 18 milhões de euros, mantendo-se Espanha como principal país de origem do cimento importado (com uma participação sobre o valor total de perto de 90%).
 
Em comunicado enviado ao Boas Notícias, a Informa D&B refere que em 2013 se alongou “a tendência de forte queda da procura de cimento em Portugal, como consequência da notável deterioração da atividade no setor da construção”.
 
O relatório daquela empresa de recolha de informações de marketing, economia e finanças dá conta de uma uma contração no consumo de cimento na ordem dos 2,7 milhões de toneladas (uma queda de 23% face a 2012). Em termos de decréscimo do mercado em valor, acrescenta a empresa, o mesmo foi de 21%, situando-se nos 225 milhões de euros.
 
A produção de betão pronto em Portugal no ano de 2013 foi de 2,6 milhões de metros cúbicos, cerca de 30% menos do que em 2012, tendo-se traduzido em receitas de 155 milhões de euros.
 
Neste momento operam, em Portugal, três empresas produtoras de cimento de ciclo completo, que desenvolvem a sua atividade através de seis fábricas localizadas nos distritos de Leiria (2), Coimbra, Lisboa, Setúbal e Faro. 
 
Em todos os distritos existem centros produtivos de betão pronto, embora importe assinalar a concentração dos mesmos em Lisboa (15%), Porto (11%), Leiria (9%), Setúbal (9%), Faro (7%) e Braga (7%).
 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close