Negócios e Empreendorismo

Exportações da tecnológica Safira atingem 61% dos lucros

A empresa de soluções tecnológicas Safira registou um crescimento de 20% da sua faturação face a 2011, atingindo 7,1 milhões de euros de volume de negócios.
Versão para impressão
A empresa de soluções tecnológicas Safira anunciou esta semana um crescimento de 20% da sua faturação, face a 2011. O grupo de serviços de consultoria atinge assim um lucro de 7,1 milhões de euros, dos quais 61% correspondem à comercialização internacional.
 
Em declarações à Lusa, o administrador José Alexandre Correia classificou 2012 como um período “muito positivo”, tendo a empresa registado “um crescimento acima do planeado”. A meta dos 61% de volume de negócio correspondente a exportações é “o valor mais alto de sempre”.
 
A administração da Safira pretende atingir os 8 milhões de euros de lucros ao longo de 2013 e reforçar a atividade no Reino Unido e em Espanha. A tecnológica tem ainda em vista o mercado do Médio Oriente e pretende chegar a outros países de língua portuguesa.
 
Os resultados obtidos em 2012 estão “bem acima” do objetivo inicial da empresa que estabelecia a sua meta nos 6,5 milhões de euros. Em 2011, o grupo alcançou os 5,8 milhões de euros, tendo por isso sido registado um aumento de 20% no ano seguinte.
 
No ano passado, a Safira reforçou a sua presença nos mercados externos com a abertura de dois novos escritórios localizados em Barcelona e em Londres. A empresa conseguiu implementar projetos em 13 países de quatro continentes diferentes, como foi o caso da Suíça, Emirados Árabes Unidos, Angola e Chile.
 
No que respeita a recursos humanos, a empresa informou em comunicado ao Boas Notícias que, no final de 2012, o grupo contava com uma equipa de 142 colaboradores, 44 dos quais contratados o ano passado. “Este aumento significativo nos quadros da sede em Carnaxide levou à necessidade de duplicação da área de escritório”, explica a comunicação.
 
José Alexandre Correia adiantou à agência Lusa que a empresa está neste momento à procura de 60 técnicos para integrar a equipa da Safira, contrariando “o cenário de aumento do desemprego no país”.
 
“Neste momento, deparamo-nos com uma oferta qualificada que é insuficiente para um mercado de trabalho na área das tecnologias de informação e comunicação que é pujante no recrutamento de perfis técnicos”, explica.
 
O administrador salienta que a empresa não está a ser afetada pela crise devido à oferta que dispõe ao nível das soluções tecnológicas e dos serviços de consultoria. Os bons resultados da empresa são justificados com a procura por “uma maior eficiência operacional, otimização e automatização dos processos que permitem ganhos diretos às organizações”.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close