Ciência

Exercício é mais eficaz antes do pequeno-almoço

Um grupo de investigadores britânicos da Northumbria University, em Newcastle, concluiu que fazer exercício de estômago vazio antes do pequeno-almoço é mais eficaz e permite queimar, em média, 20% mais gordura.
Versão para impressão
A altura do dia em que se faz exercício pode ser tão importante como a própria atividade física. Um grupo de investigadores britânicos da Northumbria University, em Newcastle, concluiu que fazer exercício de estômago vazio antes do pequeno-almoço é mais eficaz e permite queimar, em média, 20% mais gordura do que se o exercício for feito após as refeições.
 
Os cientistas daquela universidade inglesa decidiram desafiar o mito que alega que fazer exercício sem ter comido pode aumentar o apetite e levar a que a quantidade de alimentos ingerida ao longo do dia seja superior, prejudicando os efeitos do desporto no que toca à perda de peso. 
 
A equipa conduziu um estudo com 12 voluntários fisicamente ativos do sexo masculino que, todos os dias, às 10 da manhã, eram convidados a exercitar-se numa passadeira. Parte do grupo já tinha tomado pequeno-almoço e a outra parte estava em jejum.
 
Depois do exercício, os participantes tinham direito a beber um batido de chocolate com vista à recuperação e, ao almoço, comiam um prato de massa até se sentirem satisfeitos, contam os investigadores em comunicado.

“Exercício não aumenta o apetite”, garante equipa
 

Os especialistas calcularam, posteriormente, o consumo de energia e de gordura durante o almoço, tendo em conta a quantidade de energia e gordura que tinha sido queimada no decorrer do exercício, e acabaram por concluir que os participantes que tinham feito desporto de estômago vazio não tinham consumido calorias adicionais nem exibido um aumento do apetite. 
 
“Os nossos resultados mostram que o exercício não aumenta a fome ou o consumo de alimentos ao longo do dia e para obter os melhores resultados o ideal é fazer o exercício pela manhã”, garante Javier Gonzalez, um dos autores da investigação.
 
Além disso, o estudo, publicado na revista científica British Journal of Nutrition, permitiu observar que os voluntários que não tinham comido antes de correrem na passadeira queimaram 20% mais gordura do que os que já se tinham alimentado pela manhã.
 
Embora os investigadores sublinhem que o trabalho não chega para indicar os efeitos do exercício em jejum a longo-prazo, garantem que a descoberta comprova que, para quem quer perder peso, fazer desporto antes do pequeno-almoço proporciona “resultados ótimos”.

Clique AQUI para aceder ao resumo do estudo (em inglês). 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close