Mundo

Evolução da Via Láctea nos céus ibéricos

NULL
Versão para impressão
O fotógrafo norueguês Terje Sorgjerd captou as imagens da evolução da Via Láctea no céu em diversas fases do dia, a partir do topo da montanha mais alta em Espanha, El Teide, nas ilhas Canárias.

Para a realização do trabalho o fotógrafo captou imagens ao longo de 170 horas registando a evolução da paisagem local a uma altitude de 3.718 metros.  

Ao longo de uma semana Terje Sorgjerd permaneceu na montanha e dormiu menos de dez horas. Enfrentou algumas adversidades como uma tempestade de areia vinda do deserto do Sahara, facto que não impediu que o fotógrafo captasse com sua câmara a luz das estrelas por trás das nuvens de poeira.

Terje disse à BBC Brasil: “O local é uma de minhas ilhas favoritas, com uma variedade fantástica de natureza e paisagens. Sabia que se conseguisse reunir estas imagens seria uma fonte de inspiração mpara todos.”

Em menos de um mês, o vídeo A Montanha já foi visto por mais de 8 milhões de pessoas nos sites Vimeo e YouTube. A Aurora foi outro dos trabalhos realizados por Sorgjerd para o qual captou imagens da aurora boreal no norte da Rússia, a temperaturas negativas que chegaram a -25 graus Celsius.

Clique aqui para aceder ao trabalho do fotógrafo.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close