Cultura

Europa: Museu de Portimão é o melhor do ano

O Museu de Portimão foi eleito o melhor do ano pelo Conselho da Europa e recebe terça-feira em Estrasburgo, França, o prémio de cinco mil euros, noticia a agência lusa. Há 20 anos que este prémio não era atribuído a um museu português.
Versão para impressão
O Museu de Portimão foi eleito o melhor do ano pelo Conselho da Europa e recebe terça-feira em Estrasburgo, França, o prémio de cinco mil euros, noticia a agência lusa. Há 20 anos que este prémio não era atribuído a um museu português.

O prémio, que dará ao museu um valor cinco mil euros e uma estatueta em bronze (“A mulher com belos seios”) de Joan Miró, “é muito importante porque reconhece um trabalho realizado desde os anos 80”, disse o presidente da câmara, Manuel da Luz, à Agência Lusa.

“Há 20 anos que este prémio não era atribuído a um museu português e [o museu de Portimão] concorreu a par de vários outros museus, incluindo portugueses também”, afirmou o autarca.

Manuel da Luz salientou ainda que “o museu de Portimão tem características muito próprias”. “Além do seu conteúdo, é um museu instalado na fábrica de conservas Seu, que representa uma actividade que durante muitos e muitos anos representou o sustento de vida de muitas pessoas e de largas centenas de famílias”, afirmou.

O autarca sublinhou que “as conservas e as pescas eram, em meados do século passado, as actividades principais do município de Portimão e hoje em dia as pessoas revêem-se neste museu, onde se sentem sempre em casa, porque têm um amigo, um familiar, que trabalhou numa fábrica de conservas”.

“Esta identidade ligada à nossa cultura e à nossa actividade económica primordial está representada de maneira pedagógica, de maneira didática, neste museu e é fácil entrar nele e mexer com os instrumentos de carácter tecnológico e interativos que permitem o contacto com informação que muitas pessoas desconheciam”, explicou.

O autarca sublinhou ainda o “trabalho que juntou várias geração de pessoas, com uma comissão instaladora que andava sempre a recolher espólio que era doado pelas pessoas com muito carinho, mas que era preciso tratar, preservar e instalar em condições favoráveis do ponto de vista climatérico, do ambiente”.

“E isso resultou em cheio com a reconversão do edifício da fábrica, onde se manteve o espólio dessa mesma fábrica, o que também é muito interessante”, concluiu.

O autarca disse que não estará em Estrasburgo para receber o prémio, mas enviou uma mensagem através da delegação da cidade “a dizer que é uma honra ser o museu do ano do conselho da Europa”, sobretudo por Portimão “ser um município que está longe de Lisboa”.

Exposições e outros prémios

Além deste galardão, o museu que foi recentemente distinguindo com menções honrosas referentes aos Prémios “Melhor Museu Português”, pela Associação Portuguesa de Museologia e “Novo Projecto Público” pelo Turismo de Portugal, e proposto pelo European Museum Forum para Melhor Museu Europeu.

Patente ao público está a exposição permanente – “Portimão – Território e Identidade”, estruturada em três percursos: “A Origem e Destino de uma Comunidade”, “A Vida Industrial e o Desafio do Mar” e “Do Fundo das Águas”, síntese da história do concelho.

Para além desta exposição referência, de longa duração, este espaço dispõe de duas salas de exposições temporárias e promove também programas pedagógicos e workshops onde ideias e conceitos inovadores são uma característica permanente.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close