Inovação e Tecnologia

EuroAtlantic quer investir no aeroporto de Beja

A companhia de aviação portuguesa EuroAtlantic quer construir uma unidade de manutenção de aeronaves no aeroporto de Beja, no Alentejo. A proposta apresentada à autarquia local prevê um investimento de 25 milhões de euros e a criação de 120 postos de
Versão para impressão
A companhia de aviação portuguesa EuroAtlantic quer construir uma unidade de manutenção de aeronaves no aeroporto de Beja, no Alentejo. A proposta apresentada à autarquia local prevê um investimento de 25 milhões de euros e a criação de 120 postos de trabalho.

“A EuroAtlantic entrou num concurso da ANA aeroportos de Portugal, que visava o licenciamento para a construção e instalação de hangares de manutenção no futuro aeroporto de Beja. Segundo a própria ANA a nossa proposta é a mais empreendedora e que apresenta maior índice de construção”, adianta o presidente da empresa Tomaz Metello que irá apresentar a proposta a Jorge Pulido Valente da Câmara de Beja ainda esta semana.

“Nós queremos fazer, em Beja, a base da manutenção da Boeing, agora precisamos de saber quais as condições reais”, contou Tomaz Metello ao Jornal de Negócios. A companhia aérea, fundada pelo empresário Tomaz Metello e participada pelo Grupo Pestana.

Também os serviços relacionados com Airbus estarão no horizonte da EuroAtlantic para o projecto de unidade de manutenção a instalar no aeroporto de Beja e que representará um investimento importante nesta zona interior de Portugal.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close