Mundo

EUA: “Mulher mais feia do mundo” dá lição de vida

Apelidada de 'a mulher mais feia do mundo' graças a um síndrome raro que a impede de ganhar peso e até já lhe cegou um olho, Lizzie Velasquez está a sensibilizar o mundo com o vídeo de uma palestra que deu no TEDx, em Austin, nos EUA. Nele, a jovem d
Versão para impressão
Apelidada de 'a mulher mais feia do mundo' graças a um síndrome raro que a impede de ganhar peso e até já lhe cegou um olho, Lizzie Velasquez está a sensibilizar o mundo com o vídeo de uma palestra que deu no TEDx, em Austin, nos EUA. Nele, a jovem de 24 anos pega no exemplo da sua doença e dá um lição sobre a verdadeira beleza das pessoas.
 
“Não consigo ganhar peso. Soa tão bem quanto isto!”, diz de forma humorada logo na introdução do seu discurso, roubando algumas gargalhadas ao público. Devido ao raro síndrome de que sofre desde que nasceu, Lizzie não consegue engordar, ficando-se pelos 30 quilogramas de peso. 
 
Enquanto a maioria das pessoas luta contra o excesso de peso e tem inúmeros cuidados com aquilo que come, Lizzie faz cerca de 60 pequenas refeições diárias para tentar engordar. A sua doença, no entanto, não o permite. Ainda assim, a jovem natural do Texas consegue transformar o seu aspeto menos saudável num objeto humorístico. 

A postura de motivação adotada pela jovem vem no seguimento do caso de 'bullying' de que foi vítima no ensino secundário. A situação chegou ao ponto de Lizzie descobrir um vídeo viral sobre si no YouTube, no qual era apresentada como a “Mulher Mais Feia do Mundo”. O mesmo era acompanhado por violentos e ofensivos comentários, tendo sido visto por milhões de utilizadores.


Relativamente à doença que afeta Lizzie, os médicos falam de um tipo muito específico de progeria neonatal que acelera o envelhecimento de uma pessoa e provoca uma grave perda de peso e gordura a nível corporal. Hoje em dia, com a ajuda da família, a jovem natural do Texas conseguiu reunir forças para encarar o seu problema, fazendo frente à crueldade e transformando o ódio dos outros em motivação própria.
 
Prova disso foi a palestra que deu no âmbito do ciclo conferencial TEDx, em Austin, no mês passado, onde partilha com o público a sua nova filosofia: matar a negatividade com ambição e definir a sua identidade de acordo com os seus próprios termos. “Usem a negatividade que existe na vossa vida para se tornarem pessoas melhores. Usem-na e garanto-vos que vão ganhar”, afirma. 
 
“O que é que vos define?”, pergunta a jovem àqueles que assistiam na plateia. “É o vosso passado? A vossa família? Os vossos amigos?”, exemplifica, lembrando que se encontrarmos felicidade em nós próprios e não deixarmos mais ninguém conduzir as nossas vidas, aqueles que nos criticam de fora vão sempre perder.
 
“Tive uma vida difícil, mas tudo bem, aceito-a”, afirma a autora desta lição de vida. “Vão ser os meus objetivos, o meu sucesso e as minhas conquistas a definir-me. Não a minha aparência exterior.”

Saiba mais sobre Lizzie Velasquez AQUI, na sua página de Facebook.

Notícia sugerida por Ana Teixeira e Elsa Martins

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close