Mundo

EUA: Médicos voluntários tratam soldados desfigurados

Nos EUA, um grupo de médicos voluntários tem vindo a prestar assistência médica gratuita a militares feridos em combate, sobretudo no Iraque e no Afeganistão. .
Versão para impressão
Nos EUA, um grupo de médicos voluntários tem vindo a prestar assistência médica gratuita a militares feridos em combate, sobretudo no Iraque e no Afeganistão. A cirurgia plástica é um dos principais serviços oferecidos e tem ajudado a melhorar a vida de centenas de homens e mulheres que ficaram desfigurados.
 
Só durante este mês de Fevereiro, a equipa da Operation Mend já deu assistência a 122 militares. Muitos destes homens e mulheres sofreram ferimentos faciais e corporais severos. Embora tenham recebido tratamento imediato, o serviço de saúde do exército não cobre tratamentos a longo prazo.


O programa, que decorre nas instalações médicas da Universidade da Califórnia L.A. (UCLA) conta com médicos de diversos hospitais e arrancou em 2007 oferecendo apenas serviços de cirurgia plástica. Hoje em dia, o programa oferece todo o tipo de tratamentos, incluindo psiquiatria.

Timohthy Miller, um veterano da Guerra do Vietname, é um dos cirurgiões que ajuda estes militares. O médico acaba de editar o livro “The Surgical Reconstruction of War: Operation Mend”, onde resume algumas destas estórias comoventes. 
 

Este médico já realizou mais de 230 cirurgias em soldados. Um dos casos relatados no livro conta o percurso de Octavio Sanchez (foto ao lado e foto principal), um soldado que ficou com queimaduras de primeiro grau em 60 por cento do corpo após uma explosão no Iraque, ficando irreconhecível. 
 
Com a ajuda de Timothy Miller, Sanchez viu o seu nariz e outras partes da face serem reconstruídas. Após várias cirurgias, a sua aparência melhorou drasticamente e o homem recuperou a sua autoestima. “Estas operações ajudam a tratar as lesões mas o mais importante é que ajudam estes homens a ficarem mais confiantes e a combaterem a depressão”, sublinhou o médico Miller em entrevista ao jornal NY Daily News.
 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close