Mundo

EUA: Jovem vive há dois anos sem produzir lixo

Lauren Singer, uma jovem norte-americana, vive há dois anos sem produzir lixo. Tudo começou na universidade, em 2012, quando a rapariga, de 23 anos, descobriu a quantidade de resíduos que produzia diariamente.
Versão para impressão
Lauren Singer, uma jovem nova-iorquina, vive há dois anos sem produzir lixo. Tudo começou na universidade, em 2012, quando a rapariga, de 23 anos, descobriu a quantidade de resíduos que produzia diariamente.

“Não era possível que sozinha conseguisse produzir tanto lixo”, contou à BBC, que divulgou a história de Lauren, formada em Estudos Meio Ambientais pela Universidade de Nova Iorque.

Durante o curso, a jovem teve a oportunidade de conhecer um professor que era ativista e cofundador de uma distribuidora de produtos naturais. Jeffrey Holllender motivava os seus alunos a optar por um estilo de vida baseado nos seus próprios valores.

E foi aí que Lauren iniciou uma vida sem lixo. Inicialmente, a jovem começou por substituir as embalagens de plástico pelas de vidro, passando depois pela compra de produtos a granel, evitando assim os pacotes de plástico.

A roupa é comprada em segunda mão e as deslocações são todas feitas a pé ou através de transportes públicos, quando a distância é mais longa.

“O lixo orgânico, incluíndo o papel higiénico, entrego uma vez por semana num sítio onde o transformam em composto e as minhas roupas, quando estão muito velhas, seguem para um local onde as reciclam”, explica a jovem sobre o que faz com o desperdício que não consegue ser evitado.

Lauren tem um blogue, intitulado 'Trash is For Tossers', onde partilha o seu dia-a-dia sem lixo e deixa dicas para viver de forma mais ecológica, recomendando por exemplo os copos menstruais ou as escovas de dentes feitas em bambú em vez das tradicionais em plástico.

A rapariga confessou à BBC que tem sido um desafio encontrar alternativas orgânicas para diversos produtos diários. A pasta de dentes, o creme para a pele e o detergente para a máquina de lavar são produzidos em casa.

Por exemplo, este último é elaborado apenas com “três ingredientes: bicarbonato de sódio, hidróxido ou carbonato de sódio e sabão (também feito em casa)”, explicou Lauren, que também tem uma empresa que vende produtos ambientais, a The Simply Co.

Nos últimos dois anos, a ambientalista apenas produziu o lixo suficiente para encher um frasco de vidro, contendo aquilo “que não consegue ser reciclado nem transformado em composto”, conta a jovem no blogue. E acrescenta ainda que conserva estes resíduos (onde se incluem por exemplo autocolantes) por “estar à espera de um dia descobrir uma forma de os reciclar”.

A jovem conta ainda que esta decisão a tornou uma pessoa mais social, uma vez que muita gente entra em contato com Lauren, por exemplo através do Facebook, para lhe pedir conselhos, partilhar ideias ou propor alternativas.

Notícia sugerida por Maria Nova

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close