Mundo

EUA: Exército aceita recrutas homossexuais

Na sequência de uma decisão tomada por um tribunal federal da Califórnia, que considera inconstitucional a política do Pentágono que forçava os soldados gay a ocultar a sua orientação sexual, o exército norte-americano começou já a aceitar recrutas a
Versão para impressão
Na sequência de uma decisão tomada por um tribunal federal da Califórnia, que considera inconstitucional a política do Pentágono que forçava os soldados gay a ocultar a sua orientação sexual, o exército norte-americano começou já a aceitar recrutas assumidamente homossexuais.

O anúncio foi feito pela porta-voz do Departamento da Defesa dos EUA, Cynthia Smith, que confirmou o fim da política “Don’t Ask, Don’t Tell”, lançada em 1993 pelo então presidente Bill Clinton como forma de permitir o acesso dos homossexuais à carreira militar.

O mesmo ficou estabelecido num memorando assinado pelo vice-secretário para o Pessoal e Preparação Militar, onde se lê que “recrutas gay podem iniciar o seu processo de integração no exército”, e ainda numa diretiva emitida pela direção do Marine Corps: “A conduta homossexual não será mais considerada um entrave ao acesso [no corpo de fuzileiros]”.

Ainda assim, o Pentágono tem vindo a a alertar os recrutas homossexuais para a possibilidade da decisão do tribunal da Califórnia vir a ser revogada: “Se eles admitirem que são gays e se querem alistar, nós vamos proceder ao seu alistamento, mas avisamo-los que a situação jurídica pode mudar”, afirmou Douglas Smith, porta-voz do Comando de Recrutamento do Exército dos EUA em Fort Knox, Kentucky.

A Administração Obama já se manifestou a favor do fim da política “Don’t Ask, Don’t Tell”, mas o Pentágono ainda vai apresentar em dezembro os resultados de um estudo interno sobre as repercussões, em termos operacionais, da abolição desse procedimento.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close