Literatura

EUA: Criado algoritmo para prever sucesso literário

Um grupo de cientistas informáticos da Universidade de Stony Brook, nos EUA, desenvolveu um algoritmo capaz de analisar um livro e prever, com 84% de eficácia, se o mesmo vai ou não ser um sucesso comercial. Ao que parece, o segredo está em fugir aos
Versão para impressão
Um grupo de cientistas informáticos da Universidade de Stony Brook, nos EUA, desenvolveu um algoritmo capaz de analisar um livro e prever, com 84% de eficácia, se o mesmo vai ou não ser um sucesso comercial. Ao que parece, o segredo está em fugir aos clichés e evitar o uso excessivo de verbos. 
 
Pelo nome 'estilometria estatística', o método matemático usado pelos investigadores nova-iorquinos revelou-se “surpreendentemente eficiente” na previsão da popularidade de um livro.

Segundo os mesmos, há um conjunto de fatores determinante para o sucesso de um livro, entre os quais o grau de interesse, a novidade, o estilo de escrita e o quão viciante consegue ser a intriga. No entanto, há fatores externos igualmente influentes, como, por exemplo, a sorte, que não podem ser negligenciados. 
 

Como tal, os analistas decidiram descarregar uma série de obras clássicas a partir do Projeto Gutenberg, estudá-las detalhadamente segundo o algoritmo que criaram e comparar as suas previsões com os dados históricos existentes sobre o sucesso comercial dos livros em questão. 
 
Os resultados deram conta de uma correspondência entre as previsões e popularidade real em 84% dos casos.  Além disso, foram tiradas conclusões como, por exemplo, no caso dos livros com mais sucesso comercial, serem usadas várias conjunções como 'e' e 'mas', bem como diversos substantivos e adjetivos. 
 
Por outro lado, os livros com menos sucesso comercial são escritos, sobretudo, à base de muitos verbos e advérbios, com palavras a fazerem referência a ações e emoções como 'querer', 'levar' e 'prometer', enquanto que os livros com mais sucesso usam recorrentemente verbos alusivos a processos mentais como 'reconhecer' e 'lembrar'. 
 
“Os trabalhos que até agora foram feitos no sentido de encontrar a 'receita secreta' para livros de sucesso eram, essencialmente, estudos qualitativos, com base numa dúzia de livros. Focavam-se sobretudo em questões como as personalidades dos protagonistas e o enredo em si”, conta Yejin Choi, um dos autores do estudo.
 
“Já o nosso trabalho baseia-se numa coleção consideravelmente maior (cerca de 800 livros) e abrange diferentes géneros literários, acabando por encontrar padrões lexicais, sintáticos e discursivos característicos dos estilos de escrita geralmente presentes nos livros mais bem sucedidos a nível comercial”, conclui.

Saiba mais AQUI.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close