Inovação e Tecnologia

EUA: Cientistas criam “manto de invisibilidade”

NULL
Versão para impressão

Já imaginou como seria se pudesse ter um manto de invisivibilidade, tal como o do feiticeiro Harry Potter nas suas aventuras fantasiosas? A concretização dessa possibilidade pode estar mais perto do que se pensava. Para comprová-lo, um grupo de cientistas da Universidade de Dallas, nos EUA, demonstrou o modelo de um “manto de invisibilidade” criado com recurso à nanotecnologia.

Os resultados do modelo foram publicados em Outubro na revista científica Nanotechnology. O “manto”, composto por tubos microscópicos envolvidos em folhas com a espessura de uma molécula de carbono, é capaz de esconder objetos graças ao mesmo fenómeno ótico que faz com que tenhamos miragens no deserto.

Embora possuam a mesma densidade que o ar, os nanotubos de carbono são tão resistentes como o aço e mostram-se capazes de conduzir e transferir calor para o ar que os rodeia.

Por meio de estimulação elétrica, a folha de tubos de carbono, que se encontra submersa em água, atinge altíssimas temperaturas e com a transferência do calor para o ar faz com que o os objetos colocados por trás dela “desapareçam”, ficando invisíveis. Quando acaba o estímulo, acaba a magia do manto.

O processo parece complicado, mas assemelha-se ao que leva quem caminha pelo deserto a ter a convicção de ver um oásis no meio da areia. Como o ar que está próximo do chão é mais quente do que o ar acima dele, os raios de luz curvam-se em direção ao olho do observador, em vez de simplesmente refletirem no chão, explica o jornal G1.

Em consequência, este observa uma parte do céu em vez do chão, o que o faz acreditar que se trata de água. Com o “manto” produz-se também este efeito miragem.

De acordo com Ali Aliev, coordenador da investigação, a pesquisa é muito útil por mostrar que é possível otimizar as folhas de nanotubos para aplicações como projetores termoacústicos em altifalantes, por exemplo, fazendo com que o som seja produzido graças ao calor modulado por uma corrente elétrica alternada.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close