Mundo

EUA: Alpinista salva cria de urso presa em frasco

Um alpinista norte-americano salvou uma pequena cria de urso depois de a sua cabeça ter ficado presa na boca de um frasco de plástico deixado algures no Alasca.
Versão para impressão
Um alpinista norte-americano salvou uma pequena cria de urso depois de a sua cabeça ter ficado presa na boca de um frasco de plástico deixado algures na Deer Mountain, no estado do Alasca. A notícia foi avançada pelo jornal local Ketchikan Daily News, que conta que Michael Schuler não poupou esforços até conseguir resgatar o animal.
 
O episódio aconteceu esta terça-feira, quando Michael decidiu subir a montanha para fazer testes na companhia da cadela, Josie. Durante o percurso viu algo que lhe chamou a atenção e que parecia ser um ser humano deitado no chão. Porém, acabou por constatar que se tratava de um animal com a cabeça entalada num frasco e coberto de neve.
 
“Deduzi que fosse uma cria de urso ou um glutão”, contou, acrescentando, em tom de brincadeira, que, na eventualidade de ser, de facto, um lobo “estaria tramado quando o libertasse”. Perante a situação, o homem tentou contactar os serviços de proteção da vida selvagem através de telemóvel, mas sem sucesso. 
 
Depois de pensar um pouco chegou à conclusão de que não é habitual a existência de glutões, mamífero semelhante ao urso, naquela região e optou por colocar o medo de lado e avançar para o salvamento. Socorrendo-se de ferramentas utilizadas na escalada e após muitos esforços, conseguiu cortar o frasco e libertar a cria, que, de imediato, “saltou, deu uma volta por ali e correu para o meio das árvores”.
 
Michael Schuler disse que a cria deveria pesar apenas cerca de quatro quilos e parecia já ter desistido de lutar. “Acho que o futuro dele já estava determinado. Ele não ia mexer-se e provavelmente teria ficado ali quieto até morrer”.
 
O norte-americano aproveitou ainda para alertar as pessoas para a necessidade de serem cuidadosas e não deixarem lixo no habitat destes animais, evitando assim colocá-los em perigo. Michael gravou mesmo um vídeo, disponível no YouTube, para mostrar as consequências que podem resultar deste tipo de ação.

[Notícia sugerida por Sofia Baptista]

 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close