Saúde

Estudo: Vacina contra obesidade eficaz em ratos

Uma nova vacina contra a obesidade que promove a perda de peso foi testada com eficácia em ratos. O estudo, realizado pelo Braasch Biotech LLC, Estados Unidos, vem agora abrir a possibilidade de tratamento desta patologia através de vacinação.
Versão para impressão
Uma nova vacina contra a obesidade que promove a perda de peso foi testada com eficácia em ratos. O estudo, realizado pelo Braasch Biotech LLC, Estados Unidos, vem agora abrir a possibilidade de tratamento desta patologia através de vacinação.

A investigação, que será publicada no Journal of Animal Science and Biotechnology, do BioMed Central, avalia a eficácia de duas vacinas, JH17 e JH18, na redução de ganho de peso e no aumento da perda de peso. Perante o crescimento drástico de casos de obesidade que se tem verificado um pouco por todo o mundo, os cientistas decidiram criar substâncias capazes de travar a situação.

Assim sendo, foram concebidos anticorpos que atuam contra a hormona somatostatina. Esta hormona limita a ação de outras duas substâncias, GH, hormona de crescimento, e IFG-1, proteína de crescimento, ambas responsáveis pelo aumento do metabolismo e consequente perda de peso.

Deste modo, as duas vacinas levam os anticorpos diretamente à somatostatina, impedindo a sua ação, o que permite o normal funcionamento das outras duas substâncias.

Keith Haffer, um dos responsáveis pelo estudo, testou o procedimento em ratos. Divididos em dois grupos, um que recebia a vacinação, e outro que não, os ratos foram alimentados, ao longo de oito semanas, com uma dieta rica em gorduras. As vacinas foram administradas duas vezes no mesmo grupo, e, findo o período da experiência, foi visível uma perda de 10% de peso nos ratos vacinados, sem qualquer efeito secundário no resto do organismo.

Face a estas conclusões, a investigação irá, agora, prosseguir para estudos mais aprofundados que garantam a eficácia nos seres humanos sem outras implicações para a saúde. Em caso de sucesso, ficará, então, aberta a possibilidade de tratamento da obesidade através de vacinação, excluindo-se as cirurgias.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close