Mundo

Estrela de Downton Abbey rendida à magia de Lisboa

Lisboa continua a conquistar admiradores por todo o mundo. Desta vez, os elogios vêm da atriz norte-americana Elizabeth McGovern, mais conhecida pelo seu papel na premiada série Downton Abbey, que se confessou uma amante da capital.
Versão para impressão
Lisboa continua a conquistar admiradores por todo o mundo. Desta vez, os elogios vêm da atriz norte-americana Elizabeth McGovern, mais conhecida pelo seu papel de Cora Crawley na premiada série inglesa Downton Abbey, que, em entrevista ao jornal The Telegraph, se confessou uma amante da capital portuguesa e dos pastéis de Belém.
 
“É um local mágico que eu acho tão bonito como Paris, mas não tão triste e visitado. Há uma frescura nas cores da cidade e nas pessoas, que são incrivelmente calorosas e hospitaleiras”, descreve McGovern, que diz apreciar “a ausência de pretensão” da cidade, que considera a metrópole “perfeita para umas curtas férias de primavera”.
 
A atriz, que dá vida à Condessa de Grantham na produção televisiva britânica,  diz que o que mais gosta de fazer ao chegar a Lisboa “é passear pelo centro histórico e caminhar até ao rio”, salientando o seu carinho especial pela zona de Belém e pelos tradicionais doces que dela retiraram o nome.
 
Se pudesse escolher um local para uma bebida com os amigos, McGovern escolheria, aliás, a fábrica dos Pastéis de Belém, “um café histórico com mais de 150 anos e que serve os pastéis de nata mais deliciosos, que podem ser livremente cobertos com canela”.
 
Já para um jantar, a artista norte-americana recomenda o restaurante Bica do Sapato, co-propriedade do ator John Malkovich e que contém “todo o drama da sua personalidade”. “Uma refeição naquele restaurante, que serve uma variedade de pratos típicos portugueses com um toque contemporâneo, é uma verdadeira experiência e as doses são enormes”, garante.

Castelo de São Jorge é o ponto de partida ideal
 

A quem nunca visitou Lisboa mas está a planear fazê-lo pela primeira vez, Elizabeth McGoverns aconselha o Castelo de São Jorge como local ideal para início da viagem. 
 
“É um dos mais bonitos castelos que já visitei, com uma mistura eclética de estilos arquiteturais. A vista num dia soalheiro é fantástica e em dias de nevoeiro dá-nos uma sensação de magia e mistério”, frisa a atriz, que afirma ainda que é quase obrigatório a quem passa pela capital “andar num dos velhos elétricos”. 
 
McGovern recomenda ainda que “os saltos altos fiquem em casa”, porque a cidade é íngreme e que na mala haja sempre “um casaco e um impermeável” em caso de férias na primavera, embora as temperaturas “sejam muito superiores às do Reino Unido”.
 
Em conclusão, e para levar como recordação da viagem, a norte-americana escolhe como “souvenirs” perfeitos um “belo azulejo da Feira da Ladra ou, quem sabe, uma garrafa de Ginja, licor português”.

Clique AQUI para aceder à entrevista completa de Elizabeth McGovern ao The Telegraph.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close