Cultura

“Estado de Guerra” triunfa nos Óscares

O filme sobre o Iraque realizado por Kathryn Bigelow foi o vencedor da noite de ontem que consagra os melhores filmes de 2010. Ganhou seis dos nove Óscares para que estava nomeado, incluindo o de Melhor Filme e Melhor Realizador.
Versão para impressão
O filme sobre o Iraque realizado por Kathryn Bigelow foi o vencedor da noite de ontem que consagra os melhores filmes de 2010. Ganhou seis dos nove Óscares para que estava nomeado, incluindo o de Melhor Filme e Melhor Realizador.

Já “Avatar”, de James Cameron, apontado desde o início como o grande favorito, ficou-se pelas três estatuetas, todas em categorias técnicas. Kathryn Bigelow tornou-se assim na primeira mulher a ganhar o Óscar de Melhor Realizador, neste caso Melhor Realizadora. Em vésperas do Dia da Mulher, que se assinala hoje, a ex-mulher de James Cameron salda assim uma dívida histórica da Academia que nunca havia premiado uma mulher nesta categoria.

“Precious”, a produção independente de Oprah Winfrey, viu consagrada MoNique como Melhor Atriz Secundária. Conquistou ainda a estatueta de Melhor Argumento Adaptado.

Sandra Bullock foi coroada pela Academia com o Óscar de Melhor Atriz por “Um sonho Possível” que estreia em Portugal no dia 25 de março. “Mereci mesmo isto ou foi por desgaste?”, brincou a atriz no discurso de agradecimento daquele que foi o seu primeiro Óscar. Na mesma semana Sandra Bullock foi também premiada com o Razzie de pior atriz pela sua prestação em “All About Steve”.

O austríaco Christoph Waltz ganhou o Óscar de Melhor Ator Secundário pela sua prestação bilingue de oficial nazi perseguidor de judeus em “Inglorious Basterds”, de Quentin Tarantino. O ator Jeff Bridges conquistou o galardão de Melhor Ator por “Crazy Heart”. Agradeceu o galardão com um grito de vitória e uma homenagem sentida aos seus pais que mereceu uma ovação de pé por parte do público.

“Up-Altamente” contou com duas estatuetas como Melhor Filme de Animação e Melhor Banda Sonora Original.

O Óscar para Melhor Documentário seguiu para “The Cove”, um filme que expõe a chacina de golfinhos no Japão.

O Melhor Filme Estrangeiro seguiu para a Argentina com o filme “El Secreto de Sus Ojos”.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close