Ciência

Escrita manual facilita aprendizagem

Embora seja um hábito cada vez mais raro por culpa da proliferação dos computadores, escrever à mão estimula o cérebro e facilita a aprendizagem de conceitos, fórmulas e símbolos, assegura um estudo desenvolvido por investigadores norte-americanos.
Versão para impressão
Embora seja um hábito cada vez mais raro por culpa da proliferação dos computadores, escrever à mão estimula o cérebro e facilita a aprendizagem de conceitos, fórmulas e símbolos, assegura um estudo desenvolvido por investigadores norte-americanos.

Os especialistas portugueses, como o neuropsicológo João Anacleto, do Instituto do Cérebro, também concordam: “Através da escrita manuscrita existe tendência a uma maior concentração, e consequentemente facilidade de interiorização da informação. Inclusive para a realização dos testes, que são manuscritos”, declara ao Diário de Notícias (DN).

A escrita manual contribui para a agilidade intelectual e também para dar largas à imaginação, conforme defende o presidente do Instituto da Inteligência Nelson Lima, dando o exemplo de escritores que “preferem criar as suas obras usando primeiro a escrita à mão, talvez porque lhes dá uma maior liberdade criativa e expressiva”.

“O uso excessivo dos teclados poderá levar a uma perda das habilidades manuais para a escrita e, como consequência, de certas habilidades do pensamento”, acrescenta ainda o especialista.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close