Sociedade

Escolas algarvias removem fibrocimento

A Câmara Municipal de Albufeira está a remover diversas coberturas escolares em fibrocimento, cuja composição contém amianto, um mineral que, de acordo com a Organização Mundial de Saúde, contém substâncias cancerígenas.

Versão para impressão
A Câmara Municipal de Albufeira está a remover diversas coberturas escolares em fibrocimento, cuja composição contém amianto, um mineral que, de acordo com a Organização Mundial de Saúde, contém substâncias cancerígenas.

A empreitada abrange as Escolas Básicas do 1.º ciclo de Olhos de Água, do 2.º e 3.º ciclo de Ferreiras e Martim Fernandes que verão substituidas as coberturas originais por telhas de cimento com fibras não tóxicas.

A autarquia pretende abolir a totalidade das placas e materiais existentes nas escolas do concelho que contenham este componente químico prejudicial à saúde.

“O objetivo é proteger a comunidade escolar, particularmente as crianças e jovens, dos riscos de exposição a este material. Pretendemos promover a saúde entre os mais novos e as escolas são o ponto de partida”, salientou José Carlos Rolo, Vice-presidente do Município, citado pelo jornal regional Barlavento online.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close